Calprotectina nas inflamações intestinais, coleta de sangue ou fezes e resultados normais e alterados

A calprotectina é liberada pelas células de defesa que são os neutrófilos polimorfonucleares no intestino em casos que ocorrem inflamação neste local, é na verdade uma proteína anti-microbiana, presente nos grânulos citoplasmáticos dos neutrófilos. Veja como é a coleta do sangue ou fezes e quais os resultados normais e alterados deste teste.

Calprotectina realizada nas fezes vem sendo cada dia mais usada como método não invasivo para identificar casos de inflamação intestinal. Esta proteína quando se encontra unida ao cálcio pode resistir à degradação por enzimas leucocitárias e bacterianas.

Coleta do material biológico sangue e fezes para o exame de calprotectina

O teste de calprotectina pode ser realizado usando sangue ou fezes, o seu médico irá determinar qual o material ideal.

Para coleta do sangue não é necessário jejum, o material é retirado da veia do braço.

Para coletar as fezes não é necessário realizar nenhum procedimento especial ou jejum.

Para coletar as fezes o material será acondicionado em um coletor universal, encaminhe para o laboratório em até 2 horas.

Coletar aproximadamente meio pote de fezes, colocando no recipiente porções de fezes de locais diferentes do bolo fecal.

O uso de laxante é indicado apenas quando o médico identificar esta necessidade.

O resultado do exame normalmente é liberado em 10 a 20 dias.

Calprotectina nas fezes

Encontrada nas fezes e em níveis mais altos do que os do sangue, por volta de seis vezes maiores.

E os resultados com níveis de calprotectina fecal guardam relação proporcional ao grau de inflamação da mucosa intestinal.

Os valores encontrados de calprotectina nas fezes corresponde à quantidade dos granulócitos neutrófilos que se locomoveram para o centro do intestino liberando neste local calprotectina.

Portanto, o teste é de boa qualidade para a análise, específico e sensível para identificar casos de inflamação intestinal.

Calprotectina nas fezes pode ser usada na identificação de pessoas que tenham sintomas de síndrome do intestino irritável, mais especificamente aqueles com diarreia.

Resultados normais e alterados

O método de análise é por meio de um tipo especial de imunoanálise.

Os valores considerados normais no sangue são resultados com índices inferiores a 2,92 µg/mL estão dentro da normalidade.

Quando o exame é realizado nas fezes os resultados considerados normais ou negativo são aqueles com índices Inferiores a 50,0 mg/kg de fezes.

Pessoas com resultado de exame calprotectina fecal aumentada precisam ser encaminhados para consulta com especialista.

Valores aumentados podem ser vistos em vários estados inflamatórios do intestino. A localização pode ser no intestino delgado ou também no cólon.

Também apresenta resultados aumentados aquelas pessoas tratadas recentemente usando anti inflamatórios não-esteróides embora apresentem uma colonoscopia normal.

Cirrose hepática também pode levar a resultados aumentados. Além de crianças saudáveis em seu primeiro ano de vida podem apresentar resultados aumentados, sem causa.

Índice de calprotectina também é útil para que o clínico tenha um bom apoio para decidir se o paciente deve ou não realizar um exame invasivo como a colonoscopia.

Este texto foi útil? ⭐⭐⭐⭐⭐
Avaliação média: 4.73
Total de Votos: 11

Calprotectina nas inflamações intestinais, coleta de sangue ou fezes e resultados normais e alterados
Compartilhe este texto
avatar
  Subscribe  
Avisar para