Ronco – Pessoas que roncam muito estão mais sujeitas a derrame

Sabemos que fatores como o fumo, hipertensão, colesterol aumentado, triglicérides e a obesidade, influenciam fortemente para um aumento da possibilidade de desenvolver um AVC – Acidente vascular Cerebral, o derrame – acontece quando há um entupimento ou o rompimento dos vasos que levam sangue ao cérebro. Come se estes já não fossem suficientes, outro risco tem sido estudado, e parece realmente ser fator importante à ser observado: roncar demais.

Pesquisadores Australianos constataram, em uma analise feita durante o sono de pessoas que roncam muito, uma diminuição do calibre das artérias, usando um aparelho de ultra-som mediram as placas formadas no interior das mesmas e concluíram que estes fortes roncadores aumentam em 10 vezes o risco de derrame devido a esta diminuição do calibre dos vasos sanguíneos e conseqüente formação de placas.

Os problemas que causam o ronco, discutimos aqui no blog e propomos procurar seu médico para avaliar se não poderia ser apnéia do sono.

Outras pesquisas serão feitas usando um número maior de pacientes, mas as evidências encontradas neste primeiro estudo indicam fortemente que o ronco exagerado pode representar risco para a saúde, sem contar que grande parte das pessoas que roncam, possuem outros fatores causadores de derrame, entre eles uso do tabaco, a Renata oferece auxilio para deixar de fumar, e o triglicérides aumentado, entre outros, duplicando e até mesmo triplicando o risco de sofrer um AVC.

Deixe seu médico saber sobre estes e outros problemas que afetam sua saúde, ele pode ter a solução para prolongar sua vida propondo medidas para minimizar os problemas ou eliminar riscos, claro, sua colaboração será fundamental.

Este Texto foi útil?

Autor Silvano Vilela

Escreve sobre exames laboratoriais, testes de farmácia e tecnologia em saúde. Compartilha neste site que fundou em 2006 experiência de um laboratório dentro de hospital.

Recomendamos Também

  • Caramba, fiquei preocupado. Se bem que eu ronco quando estou muito cansado (que ultimamente são todos os dias)

  • Quando vamos ao médico, acabamos não contando coisas que acreditamos não ser importantes, como o ronco, sede excessiva, uma manchinha na pele. Na verdade, acho que nem estamos acostumados a prestar atenção no nosso corpo pra perceber os sinais que ele transmite de que há algo errado. Mais uma vez, isso reforça a idéia de que, se procurássemos tratamento precocemente, evitaríamos grandes transtornos com nossa saúde. Mas infelizmente, o mais comum ainda é ouvir piadinhas ou insinuaçãoes de que alguém é hipocondríaco se decidir procurar um médico por uma simples dor de garganta. E acredite, isso parte não só de leigos, mas também dos próprios médicos.

  • Silvano vilela

    Rodrigo, seria o caso de roncar muito forte. Se for leve ou de vez em quando não tem grande problema. Mesmo assim quando for consultar relate isso ao médico. Abraço.

  • Renata, quando comecei a ler lembrei logo de um médico lá do hospital que diz – “é só frescura, não tem o que fazer em casa vem incomodar aqui no hospital”, é triste, ouvir isso de profissionais, apesar de ter vários deles que investigam, fazem uma consulta realmente muito boa.

  • o grande problema é que na maioria das vezes o roncador não sabe que ronca…rs e aí vira aquela briga, com a esposa dizendo que sim e o marido afirmando que não! 😀
    Abração

  • Sr. Inominado Anônimo,
    acontece mesmo, minha esposa já falou isso, acho que ela estava querendo só zoar comigo, hehe.

    • francisca maria santos godoi

      as vezes me acordo com ronco e fico assustada pensandoqueestou morrendo

      • Francisca, isso não pode ocorrer, deve procurar um otorrino para avaliar seu problema, não deixe de fazer isso é importante.

  • Prezados amigos

    O problema do ronco é muito comum atualmente, cerca de 40% da população brasileira ronca e não sabe que corre o risco de progredir para apnéia (pausas na respiração durante o sono). Para atender essa demanda diversos profissionais da área de saúde se especializaram no assunto para oferecer tratamento adequado a essas pessoas. De acordo com a gravidade do problema, a pessoa pode procurar médicos especialistas em Medicina do Sono, Dentistas capacitados para atuar com aparelhos bucais de avanço mandibular, entre outros.
    Procurem um Especialista!
    Obrigado.

    • Fausto, obrigado pela colaboração neste assunto. Abraço.

      • Ok Silvano. Eu que te agradeço.
        Estou à disposição para qualquer esclarecimento sobre o assunto.

        Um abraço.

        Fausto Ito.

  • Casos de ronco é correto procurar fazer uma consulta para que o médico faça testes e observações para identificar as causas, mas tem que analisar cada caso. Abraço.