A suspeita de gravidez geralmente vem acompanhada de sintomas como, seios sensíveis, fadiga e náuseas – que pode mostrar-se poucas semanas após a concepção ou podem nem aparecer em nenhum momento da gestação. Antes do teste de gravidez alguns sintomas surgem como pode ser observado em muitos comentários em textos escritos anteriormente, muitas mulheres chegam a afirmar com certeza “Eu estou grávida“, realmente tem muitos destes sintomas que são bastante indicativos de gravidez, mas com certeza não podemos afirmar, apenas supor fortemente sobre a presença de uma gravidez, mas o teste de gravidez é que vai tirar a sua dúvida. Veja abaixo alguns dos sintomas de uma possível gravidez.

Sintomas presentes ou não na gravidez

  • Seios inchados com formigamento, dor ou sensação de plenitude em seus peitos.
  • Fadiga, parece que realizou esforço físico exageradamente. O organismo começa a destinar forças, energia para a formação do novo ser.
  • Sangramento e cólicas : Sangramento de implantação, em torno de cinco a dez dias após a concepção, às vezes é um sinal de que um embrião implantou-se na parede uterina, mas merece atenção e pode ser necessário avisar seu ginecologista. Algumas mulheres também sofrem cólicas abdominais nas primeiras semanas de gravidez, semelhantes a cólicas menstruais.
  • Náusea, sensação incômoda no estômago, principalmente devido ao aumento da concentração de de progesterona, que faz com que o estômago se esvazie mais lentamente.
  • Sensibilidade maior a cheiros antes normais, você também pode desenvolver um elevado sentido do olfato, o suficiente para fazer você correr para o banheiro mais próximo para vomitar.
  • Desejos e aversões a alimentos, quase todas as mães grávidas sentiram desejo, graças, novamente, aos hormônios. E isso não é uma coisa totalmente ruim: ânsias e aversões a alimentos são maneiras diferentes do organismo tentar manter a mulher longe de coisas pouco indicadas na gravidez, café e álcool, por exemplo.
  • Micção frequente, duas a três semanas após a concepção poderá notar um aumento da necessidade de fazer xixi, devido a necessidade do organismo de eliminar impurezas pela urina, aumentando o fluxo, e também devido a útero começar a aumentar e fazer pressão sobre a bexiga, e o cérebro identifica como necessidade de urinar, também vale a pena averiguar se não existe uma infecção urinária associada. Pode ser necessário realizar um exame de urina e uma cultura de urina ou urocultura para identificar qual bactéria está presente neste material.
  • Mudança na cor da vagina,  devido ao aumento do nível de sangue na região pélvica, pode encontrar a vagina mais avermelhada do que o normal.
  • Inchaço, este é um sintoma que a maioria das mulheres apresentam, geralmente se culpando por ter comido muito e não por ter um bebê no seu ventre, mas aqui mais uma vez o hormônio progesterona tem grande culpa, muito mais que os alimentos ingeridos.
  • Espinhas e acne, mesmo se você não costuma ficar com espinhas ou acne, pode obtê-los no início da gravidez.

Algumas mulheres experimentam sintomas desde o início e outras podem não experimentar nenhum, já outras mulheres experimentam sintomas apenas na primeira gestação, alguns sintomas da gravidez terá início apenas depois do teste de gravidez realizado em casa positivo.

Neste turbilhão de dúvidas que surgem com sintomas, muitos deles que nem existem, apenas são desejos que ocorram em casos que a mulher tem muita vontade de ficar grávida e não consegue, duas coisas devem ser observadas além dos sintomas, o atraso menstrual e a realização do teste de gravidez para confirmar ou descartar a suspeita de gravidez.

Verificado que existe um sintoma ou mais e que existe probabilidade de ser uma gravidez, qual o procedimento

  • Observe se os sintomas são persistentes e evidentes.
  • Observe se a menstruação já está atrasada.
  • Faça um teste de gravidez, pode ser o de farmácia, de preferência depois do quinto dia do atraso menstrual.
  • O ideal é procurar o ginecologista, mesmo tendo um resultado positivo ou negativo, pois os sintomas podem estar relacionados a algum problema que deve ser tratado, caso seja negativo, e se for um teste positivo deve iniciar o pré-natal.

Muitas mulheres observam apenas sintomas, que nem sempre são relacionados a gravidez, já que a maioria deles podem estar presentes também em numerosas doenças ou estados orgânicos passageiros, por isso o ideal é que se faça o teste de gravidez depois do atraso menstrual, de preferência depois do quinto dia de ausência menstrual, e não deixe de realizar consulta com o ginecologista de confiança.