Sulfato ferroso na Anemia falciforme pode até causar danos aos órgãos

A anemia falciforme faz parte de um grupo de doenças hereditárias dos glóbulos vermelhos. A doença falciforme é uma doença genética que está presente no nascimento. É herdado quando uma criança recebe dois genes falciforme – um de cada pai. Glóbulos vermelhos saudáveis são redondos, e movem-se através de pequenos vasos sanguíneos que transportam oxigênio para todas as partes do corpo, na anemia falciforme, os glóbulos vermelhos são estruturalmente diferentes dos normais, em forma de foice. Muitas pessoas simplesmente acham que estão com anemia, ou seus filhos e tomam sulfato ferroso, nesta doença isso é perigoso.

Tomar suplementos de ferro não vai ajudar as pessoas com doença falciforme, pode até complicar.

Este tipo de anemia não é causada por pouco ferro no sangue, como ocorre com outros tipos de anemias, é causado por não ter quantidade suficiente de células vermelhas do sangue. Na verdade, tomando suplementos de ferro pode prejudicar uma pessoa com doença falciforme, porque o ferro extra se acumula no organismo e pode causar danos aos órgãos.

Como ficam as hemácias na anemia falciforme

Na anemia falciforme, ao visualizar as hemácias no microscópio se apresentam em forma de foice (ferramenta usada na zona rural) devido a hemoglobina mutante designada por hemoglobina S (ou Hb S) perdem a forma discoide, ficam rígidas e deformam-se, tomando a forma de meia-lua. As células falciformes morrem cedo, devido a sua estrutura deformada o organismo retira da corrente sanguínea, o que provoca uma constante falta de glóbulos vermelhos, muitas vezes estas hemácias chegam a entupir os vasos devido a esta estrutura deformada, se prendem umas nas outras obstruindo o fluxo do sangue causando dor e outras consequências graves. Essa condição é mais comum em indivíduos da raça negra.

Nem toda anemia deve ser tratada com suplementos a base de ferro.

O sequestro do sangue no baço, órgão que filtra o sangue (organismo avalia as hemácias como anormais e retira de circulação) é mais uma causa do aumento da reserva de ferro, com isso, a quantidade de glóbulos vermelhos que existe não é suficientes para transportar oxigênio pelo corpo como deveria, agravando o quadro. Saiba mais consultando manual de condutas básicas na doença falciforme do ministério da saúde.

Diagnóstico de anemia falciforme

A detecção efetiva das diversas formas de doenças Falciformes requer diagnóstico preciso, baseado principalmente em técnicas eletroforéticas, hemograma e dosagens da hemoglobina Fetal. No hemograma é possível identificar hemácias falcizadas, os drepanócitos, conforme a gravidade do caso, as hemácias são vistas ao microscópio ou pelo exame de falcização. A realização do teste do pezinho é importante também para o diagnóstico desta doença. O manual de diagnóstico e tratamento de doenças falciformes fornece bases para uma triagem minuciosa.

Com este texto, procuro alertar aquelas pessoas que fazem diagnósticos olhando no fundo dos olhos, ou cor da pele, por estar magra, ou comendo pouco, já dizem que é anemia, e correm para pegar um sulfato ferroso no posto de saúde ou na farmácia, cuidado, ingestão destes medicamentos podem piorar o quadro geral do paciente, não tome estes suplementos vitamínicos antes de fazer uma consulta com o médico de confiança e realizar exames laboratoriais, assim ele poderá identificar se esta suspeita de anemia é realmente uma anemia, se for, de que tipo é, e qual medicamento mais indicado para o caso.

Além de precisar de medicação específica, o falcêmico precisa ser acompanhado e tratado por uma equipe multidisciplinar para evitar sequelas.

Autor Silvano Vilela

Escreve sobre exames laboratoriais, testes de farmácia e tecnologia em saúde. Compartilha neste site que fundou em 2006 experiência de um laboratório dentro de hospital.

Recommended for you

  • Pingback: Silvano Vilela()

  • Pingback: O que faz a urina ficar espumosa ou com muitas bolhas - Proteínas na urina | Plugbr.net()

  • Nivia

    Eu tenho anemia falciforme,
    …acho bastante interessante essa matéria pois qdo era criança os meus pais me davam sulfato ferroso achando q era apenas uma anemia comum,só foi descorberto a falciforme qdo tinha 2 anos de idade…
    E por ñ ter tido o tratamento adquado hj tenho sequelas e sofro com isso,mas faço tratamento regularmente e acho legal essa matéria p/ concientizas a todos.

    • http://www.plugbr.net Silvano Vilela

      Nivia, deve ser difícil, acredito, mas no que eu puder ajudar, estou a disposição. Se você achar que tem outras informações também importantes me envie, ou se desejar relatar sua experiência para outros colegas. Abraço.

  • Pingback: Hemograma completo, um resultado de exame de sangue com muitas informações | Plugbr.net()

  • http://www.plugbr.net/ Silvano Vilela

    Resmer, pode ser um tipo de anemia importante, deve ser averiguado.

  • dra marilene a.t.dos santos

    numa criança com traço falcemico.a melhor escolha para tto da anemia é com ácido fólico +sulfato ferroso ou sòmente ácido fólico ou sulfato ferroso de boa qualidade?

  • http://www.plugbr.net Silvano Vilela

    Marilene, no texto é possível baixar o manual do ministério da saúde com as recomendações para diagnóstico e tratamento da anemia falciforme doença e traço. Quanto ao tratamento propriamente dito do traço falciforme, não é necessário, pois a doença não se desenvolverá, apenas se ocorrer outros problemas, veja arquivo do MS. Neste manual tem mais informações sobre o tratamento.