O sangue é maravilhoso, não só por exercer várias funções importantes para a manutenção da vida, como transporte de proteínas, hormônios, vitaminas, oxigênio e vários outros, ele é especialmente lindo quando visto ao microscópio.

Onde eu trabalho usamos um microscópio Nikon alphaphot, que não é top, mas nos propicia lindas imagens de muitos materiais biológicos, desde ovos, larvas e cistos de protozoários e helmintos até líquor o líquido da coluna vertebral.

constit_do_sangue.pngDe todos eles o mais bonito é o sangue, que é compostomicro_nikon.gif basicamente por plasma (transporta as outras substâncias), plaquetas (responsáveis pela coagulação sanguínea), leucócitos e eritrócitos (hemácias), as hemácias contendo no seu interior a hemoglobina que transporta o oxigênio mantendo o ciclo da vida em perfeita harmonia, representa a parte vermelha do sangue.

Já os leucócitos representam a parte branca do sangue e são responsáveis principalmenteneutrof.gif pela defesa orgânica. Entre eles o neutrófilo um leucócito granulócito que fagocita (engloba e destrói) partículas estranhas e bactérias.

Estudos recentes estão sendo feitos para produzir um gel feito com sangue para acelerar a cicatrização pois contém plaquetas que são fundamentais para coagulação do sangue.

Algumas vezes podemos observar também células alteradas como no caso de anemia falciforme produzindo hemácias deformada, em forma de foice.anem_falc.gif

Além destas muitas outras alterações podem ser vistas no microscópio ao analisarmos o sangue.

Para o paciente as doenças causadas por estas alterações trazem muitas dificuldades, mas a nossa função como laboratoristas, seja bioquímico, auxiliares, técnicos de laboratório, biomédicos, e outros que atuam nesta área é realizar descobertas destes elementos, para que o médico possa atuar de maneira mais direcionada, proporcionando melhorias na qualidade de vida do paciente, e nos sentimos realizados por ser parte do serviço de apóio diagnóstico, trazendo benefícios para a sociedade.