Calcitonina, um exame de sangue que o médico pode solicitar ao investigar um problema de saúde. A calcitonina e um hormônio produzido pelas células C parafoliculares na tireoide. A principal indicação de sua dosagem é na avaliação do câncer medular de tireoide, que constitui de 5% a 10% dos tumores malignos da glândula. Veja como coletar o sangue, jejum e em quais situações encontramos valores aumentados ou baixos.

A calcitonina é um hormônio peptídico de cadeia simples produzido primariamente na glândula tireoide. Sua secreção é normalmente controlada de acordo com o aumento e queda dos níveis de cálcio, se ocorre aumento do cálcio do sangue também ocorre aumento das concentrações de calcitonina. Seus efeitos são a redução da reabsorção óssea osteoclástica. Diversas substâncias, como a infusão de cálcio e a pentagastrina, fazem elevar os níveis de calcitonina e podem ser usadas em testes dinâmicos.

Jejum e coleta de sangue para o exame calcitonina

Se você tem uma solicitação médica para um exame de calcitonina saiba que é necessário realizar um jejum de pelo menos 4 horas. A coleta do sangue é realizada no braço, como os tradicionais exames.

Coletas do sangue pela manhã em jejum são usadas para estabelecer valores basais. Mas algumas vezes o médico solicita teste usando um agente estimulante, e o tempo de colheita deve ser anotado relativamente as infusões de cálcio ou pentagastrina.

Alguns laboratórios solicitam informações se o paciente já realizou cirurgia da tireoide e há quanto tempo. Também é importante registrar no momento do cadastro quais medicamentos em uso no último mês.

O resultado do teste normalmente é liberado dentro de 2 a 4 dias, porém, se o laboratório onde você colheu o material encaminha o sangue para uma instituição de apoio, pode demorar um pouco mais, consulte na recepção no momento da coleta.

Valores normais e alterados do exame calcitonina

Realizando o exame pela técnica de imunométrico quimioluminescente de dupla identificação temos os seguintes valores de referência:

Para pessoas adultas – Homens o valor normal é até 12 pg/mL. E para mulheres o valor normal é até 5 pg/mL. Consulte quais os valores normais no laboratório que você realizou o teste, no laudo do resultado consta também os valores de referência.

A secreção de calcitonina é estimulada pelo cálcio e pela pentagastrina. A calcitonina diminui a reabsorção óssea osteoplástica.

Em quais situações encontramos valores alterados de calcitonina

O teste de calcitonina estará com níveis elevados em casos de carcinoma medular da tireoide.

Também frequentemente elevado em leucemias e doenças mieloproliferativas. Adicionalmente, pode ser produzido ectopicamente por tumores como, de mama e pulmão, entretanto algumas literaturas não o colocam como significado no diagnóstico destas doenças. Valores elevados podem ser vistos associados ao hiperparatiroidismo, hipergastrinemia, falência renal e doença inflamatória crônica.

Podemos encontrar valores diminuídos em casos de ausência do órgão tireoidiano.

Sua maior utilidade é para acompanhamento dos pacientes com carcinoma medular da tireoide.

Em alguns pacientes com carcinoma medular da tireóide, especialmente aqueles com a forma familiar, a calcitonina basal pode estar normal; entretanto, um incremento acentuado e observado após a infusão de secretagogos que estimulam a libração de calcitonina.

As dosagens de calcitonina basal e após estímulo com cálcio ou pentagastrina são utilizadas como marcador tumoral tanto para o diagnóstico quanto para o seguimento do carcinoma medular da tiroide.