O exame conhecido normalmente como bilirrubina total e frações que é a bilirrubina total BT, bilirrubina direta BD e bilirrubina indireta BI, é realizado pelo laboratório clínico em amostras de sangue. O médico solicita este exame ao observar sintomas em seu paciente que mostre uma condição, por exemplo, de icterícia, alterações hepáticas e outras suspeitas. Quando ocorre um excesso de bilirrubina, conhecido como hiperbilirrubinemia, pode existir problemas no fígado, rins, baço, ou na vesícula biliar.

A Bilirrubina é produto da quebra da hemoglobina no Sistema Reticuloendotelial. É conjugada no fígado para depois ser eliminada na bile, a análise é útil para o diagnóstico diferencial de doenças hepáticas e biliares, além de outras causas de icterícia.

Bilirrubina circula no sangue sob duas formas:

Bilirrubina Indireta (ou não conjugada) – Este tipo de bilirrubina não se dissolver em água (insolúvel). Percorre a corrente sanguínea até o fígado, onde é transformada em uma forma solúvel (direta ou conjugada).

Bilirrubina Direta (ou conjugada), dissolve em água (solúvel) produzida no fígado a partir de bilirrubina indireta.

Bilirrubina total e bilirrubina direta são medidas diretamente no sangue, enquanto os níveis de bilirrubina indireta  são derivadas das medições de total e bilirrubina direta.

sangue amarelo bilirrubina aumentadaQuando os níveis de bilirrubina estão elevados, a pele e a parte branca dos olhos podem apresentar aspecto amarelo (icterícia). Icterícia pode ser causada por doença hepática (hepatite), desordens hematológicas (anemia hemolítica), ou bloqueio dos tubos (ductos biliares), que permitem a passagem de bílis do fígado ao intestino delgado.

Quantidades aumentadas de bilirrubina (hiperbilirrubinemia – condição em que a pele de um bebê e os olhos aparecem amarelo devido a um acumulo de bilirrubina no sangue), em um recém-nascido pode causar danos cerebrais (conhecido como kernicterus), perda auditiva, problemas com os músculos que movem os olhos, anormalidades físicas, e até mesmo a morte.

No hospital frequentemente bebês ficam na incubadora recebendo tratamento de fototerapia, luzes especiais, em casos que a bilirrubina se encontra aumentada. A luz muda a bilirrubina para uma forma que o bebê pode se livrar dela pela fezes e urina.

Este vídeo (Inglês) apresenta o metabolismo da bilirrubina no fígado

O exame de bilirrubina é utilizado em várias situações:

  • Verificar o estado geral do fígado e observar sinais de doença hepática, tais como hepatite ou cirrose, ou os efeitos de medicamentos que podem prejudicar o órgão.
  • Diagnosticar as condições que causam o aumento da destruição das hemácias, como anemia hemolítica ou doença hemolítica do recém-nascido.
  • Verificar bloqueios dos ductos biliares. Isto pode ocorrer se cálculos biliares, tumores do pâncreas, ou outras condições que podem estar presentes.
  • Casos de icterícia neonatal, diagnosticar e acompanhar tratamento.

Como é feito o preparo para realizar este exame:

Adultos devem fazer jejum por 4 horas antes da coleta do sangue, para crianças não é necessário jejum.

Causas de aumento da bilirrubina direta (conjugada): Doenças hepáticas hereditárias (Dubin-Johnson, Rotor), lesão de hepatócitos (viral, tóxica, medicamentosa, alcoólica) e obstrução biliar (litíase, neoplasias).

Níveis de bilirrubina direta maiores que 50% dos valores totais são sugestivos de causas pós-hepáticas.

Causas de aumento da bilirrubina indireta: anemias hemolíticas, hemólise autoimune, transfusão de sangue, reabsorção de hematomas, eritropoiese ineficaz e doenças hereditárias (Gilbert, Crigler-Najar).

Uso de drogas que ativam o sistema microssomal hepático podem reduzir as bilirrubinas.

Valor de referência, normais

  • Bilirrubina Direta – até 0,4 mg/dL
  • Bilirrubina Indireta – até 0,8 mg/dL
  • Bilirrubina Total – até 1,2 mg/dL
  • Bilirrubina total (recém nascido):

idade                prematuro            a termo

Cordão            2,9mg/dL             2,5mg/dL

<24horas       8,0mg/dL             6,0mg/dL

<48horas        12,0mg/dL          10,0mg/dL

3 a 5 dias         15,0mg/dL           12,0mg/dL

7 dias                15,0mg/dL            10,0mg/dL

Aumentos da Bilirrubina direta tem relação com a deficiência na eliminação da bilirrubina pela bile.

Aumentos das Bilirrubinas Diretas e Indiretas encontram relação com:

  • Obstrução do fluxo de bile, neste caso um certo predomínio da bili Direta.
  • Por lesão mais intensa das células hepáticas (os hepatócitos), onde ocorre uma dificuldade na conjugação e refluxo da bilirrubina conjugada para o sangue.

Bilirrubina também pode ser medida na urina, que normalmente não contém este produto, se detectada na urina, podem ser necessários testes adicionais para determinar a causa.