Este texto faz parte da blogagem coletiva contra a pedofilia. Aproveito este momento de forma diferente, desta vou me deter a informar onde pode ser denunciado os casos de pedofilia e a importância deste ato.

Logo depois que coloquei no blog um chamamento para que outros colegas de blogs participem desta blogagem coletiva, uma leitora me relatou um caso e solicitou informações a respeito de como poderia agir frente ao problema que ela suspeitava fortemente estar acontecendo, segue o texto:

[…] Conheço uma pessoa que desconfia que um familiar é pedófilo. Nesse caso que atitude essa pessoa deveria tomar? Denunciar? E se não conseguir provar? Qual o caminho mais seguro para que ela consiga elucidar essa situação? Eu não consegui ajudá-la, mas prometi pesquisar, então cheguei até vocês. Por gentileza podem me responder. Grata.

blocol.gifLogo depois lhe enviei um email lhe informando que ela poderia fazer uma denúncia anônima, por exemplo, ao conselho tutelar, geralmente os profissionais deste órgão são muito interessados e comprometido, assim poderiam investigar melhor o caso, fazendo entrevistas e visitas no local.

Ou poderia fazer uma denúncia ao Ministério Público, Vara da Infância e Juventude, que certamente buscam elucidar se a denúncia é verdadeira e procedente.

Se não foi suficiente pode ligar diretamente para a polícia, da sua cidade, e não tem necessidade de se identificar. Procurar uma solução nestes casos é o mais sensato e justo.

Mesmo na internet muitos crimes desta natureza se espalham como praga, por acharem que podem se esconder e acabam usando a inocência das crianças para praticar seus crimes. O combate pela rede pode ser feito pela polícia e em alguns sites que averiguam denúncias:

Não espere mais, a opressão física e moral que passam as crianças que sofrem este temível abuso, além do trauma que irão carregar pelo resto de suas vidas, justifica uma atitude de todos nós em benefício da sua liberdade, denuncie.

Todos os outros participantes desta blogagem podem ser encontrados no blog da Luma, e em vários outros sites e blogs, neste importante dia para a vida com liberdade e inocência de uma criança.