Vamos abordar nesta seção espermograma – como fazer a coleta, qual preparo para realizar o espermograma, quais as reais utilidades do exame e o preconceito que os homens ainda possuem acerca da realização deste procedimento. Um importante exame onde o preparo e a coleta são fundamentais para um resultado fidedigno.
Procure seu médico e informe a ele problemas como: minha mulher não engravida, tenho dor durante a relação sexual. Estas são algumas questões que podem ser esclarecidas com a obtenção do resultado da realização do espermograma que o seu médico solicita.

A realização do espermograma tem como aplicações, principalmente, a avaliação das glândulas seminais, da fertilidade e monitoramento pós-vasectomia. Além de esclarecer infecções neste local.

A coleta e análise do sêmen precisam ser criteriosamente realizados.
Além das avaliações físico-químicas, microscópicas e morfológicas dos espermatozóides, podem ser realizadas também avaliações imunológicas, bioquímicas e hormonais.

Preparo e coleta do sêmen:
Confiabilidade dos parâmetros analisados dependem destes procedimentos, sendo os mais importantes:

  • Abstinência sexual: O ideal é uma abstinência sexual de 5 (cinco) dias, podendo variar de no mínimo 2 (dois) e no máximo 7 (sete) dias;
  • A coleta deve ser feita preferencialmente no laboratório – geralmente os laboratórios oferecem uma sala isolada com uma poltrona cofortável, algumas revistas ou vídeos de material pornográfico onde o paciente entra neste local com o frasco rotulado com seu nome e material que vai ser coletado (esperma), e depois de coletado ele coloca em uma pequena janela para que a pessoa que vá pegar este material não veja o paciente evitando constrangimento.

Se for coletar em casa o que não é aconselhável, encaminhar a amostra no prazo máximo de 1 hora;

  • Antes da coleta, realizar higiene das mãos e pênis;
  • A amostra deve ser coletada por masturbação em frascos limpo, de vidro ou plástico, de boca larga, fornecido, pelo laboratório;
  • Não utilizar métodos alternativos para obtenção do sêmen (em caso de coleta em casa) como, por exemplo, relação sexual interrompida (interrompe a relação quando vai ejacular e colhe o material);
  • Evitar perda do material durante a coleta. Fechar imediatamente o frasco após a coleta, para evitar alcalinização;
  • Recomendar ao paciente a não utilização de preservativos de látex durante a coleta;
  • É indispensável informar o horário da coleta;
  • O jejum não é obrigatório, exceto quando solicitado a dosagem de frutose, pois níveis elevados de glicose podem interferir na dosagem.

Não deixe que o preconceito ou medo de procurar um médico para falar deste problema interfira na sua qualidade de vida.

Sangue no esperma também deve ser verificado.