Zika Vírus e a Síndrome de Guillain-Barré, um dos sintomas é fraqueza generalizada

Sabemos dos sintomas causados pelo zika vírus, febre entre 37,8 e 38,5 graus, dor nas articulações, conhecido como artralgia, mais frequentemente nas articulações das mãos e pés, dor de cabeça e atrás dos olhos, dor muscular, erupções cutâneas, acompanhado de coceira. Em alguns casos dor abdominal, constipação ou diarreia, conjuntivite e fotofobia. Mais grave são os casos que ocorrem em decorrência da infecção pelo zika vírus, microcefalia em bebês de mães que tiveram a doença, além da Síndrome de Guillain-Barré, que pode acometer qualquer pessoa, até um mês depois da infecção por zika.

A síndrome de Guillain-Barré pode ocorrer até um mês depois de uma infecção causada por bactérias ou vírus, como o Zika, e ataca o sistema nervoso. A quantidade de casos da Síndrome neste ano de 2015 teve um aumentou considerável, principalmente nos estados com mais casos de Zika vírus, assim se identificou a relação entre os mesmos.

A síndrome de Guillain-Barré, é caracterizada por problemas neurológicos, autoimune, ela ocorre por causa a produção inapropriada de anticorpos que passam a atacar a bainha de mielina, substância que recobre e protege os nervos periféricos, causa fraqueza muscular generalizada, perda dos reflexos e diminuição da sensibilidade.

Em casos mais graves da SGB o paciente pode ter uma paralisia da musculatura pulmonar, levando a problemas respiratórios, e até morte. Mas na maioria dos pacientes com a síndrome o quadro é reversível.

Veja aqui sobre o zika vírus e os exames para o diagnóstico da doença.

Este texto foi útil? ⭐⭐⭐⭐⭐

Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 55

Zika Vírus e a Síndrome de Guillain-Barré, um dos sintomas é fraqueza generalizada
Compartilhe este texto

Sobre o autor

avatar