Teste rápido HIV, dengue e gripe usa gota de sangue em papel especial e celular para medir mudança de cor

Um novo dispositivo testa se existe anticorpos específicos no sangue de maneira simples e rápida. Uma gota de sangue dispensada em papel especial e usando uma câmera de celular para medir uma mudança de cor e identificar por meio de teste rápido dengue, gripe e HIV.

O desenvolvimento de testes rápidos que sejam úteis para a detecção de anticorpos é uma alternativa prática para análises que muitas vezes são caras e demoradas, extremamente importantes se levarmos em consideração que muitos lugares remotos não contam com laboratórios para avaliação de materiais biológicos.

Uma maneira simples e rápida de análise do sangue

Cientistas da Universidade de Tecnologia de Eindhoven, localizada na Holanda, e também Universidade de Keio, no Japão, criaram um teste de diagnóstico em papel.

Este dispositivo deve proporcionar a realização de testagem rápida e barata para várias doenças infecciosas.

Em áreas distantes de grandes centros de pesquisa e tecnologia é frequente a dificuldade encontrada pelos profissionais médicos para obter apoio diagnóstico.

Teste rápido exame

Normalmente é necessário coletar o sangue do paciente e levar para locais distantes da região para realizar o exame. Depois precisam voltar com o resultado para iniciar o tratamento.

Usando basicamente uma gota de sangue e uma tira de papel com reagentes impregnados é possível detectar uma luz de cor específica. Usando uma câmera de um celular é possível identificar se o paciente tem uma infecção, como gripe, HIV ou dengue.

Como funciona o teste

A colaboração internacional entre Holanda e Japão possibilitou o desenvolvimento de um dispositivo de diagnóstico.

Basta um profissional treinado pingar uma gota de sangue em um pequeno pedaço de papel absorvente, aguardar 20 minutos e usar uma câmera de celular para medir uma mudança de cor.

Irá ocorrer uma reação bioquímica que faz com que a parte inferior do papel emita luz azul-verde. Quanto mais azul a cor, maior será a concentração de anticorpos presente naquele sangue testado.

Como ocorre a reação

No papel estará impregnado uma proteína luminosa que emite luz azul quando encontra sangue. Porém, na fase seguinte a luz é convertida em luz verde.

No entanto, se estiver presente no sangue analisado um anticorpo específico, como o da dengue em caso suspeito da doença, ele se ligará à proteína.

Esta ligação irá impedir que a luz azul seja convertida em verde. Desta forma, se existe diversos anticorpos no sangue significam que a luz é principalmente azul, enquanto que a luz verde indica poucos anticorpos.

De posse de um celular com boa câmera e um aplicativo específico irá calcular a relação entre a luz azul e verde. Desta forma irá emitir a concentração do anticorpo presente no material biológico analisado.

Um dos pesquisadores, Maarten Merkx, informou que pretendem realizar mais testes e avaliações para depois disponibilizarem o produto comercialmente.

Este texto foi útil? ⭐⭐⭐⭐⭐
Avaliação média: 4.79
Total de Votos: 14

Teste rápido HIV, dengue e gripe usa gota de sangue em papel especial e celular para medir mudança de cor
Compartilhe este texto
avatar
  Subscribe  
Avisar para