Resultado do exame de urina proporciona ao clínico esclarecer várias patologias, um dos dados que o exame EAS ou Urina I fornece é o pH urinário, na verdade não é uma informação decisiva para o médico, mas pode ser útil na avaliação do distúrbio ácido-base sistêmico. Entenda para que serve o exame e qual resultado com valor normal.

O pH é a abreviação de potencial de hidrogênio, o valor do pH urinário pode ser medido usando o medidor de pH ou uma fita com vários campos que irá identificar a concentração do pH, pode variar de 0 a 14, encontrando valores acima de 7 é um pH alcalino, e abaixo de 7 é ácido. A água tem um nível de pH 7, valor neutro.

Como é realizado o exame do pH urinário

Para verificar o pH, a urina deve ser colocada em um pote coletor universal, desprezando o primeiro jato e coletando a porção ou jato médio de urina.

Não é necessário coletar volume superior a 10 ml de urina, o restante da micção pode ser desprezado no vaso sanitário.

Veja aqui mais detalhes para coleta da urina.

Uma fita ou tira será mergulhada na amostra, e o resultado é encontrado comparando a cor da tira reagente com cores padrões para cada pH.

Para que serve o exame de pH urinário

A análise do pH da urina pode ser útil na avaliação do distúrbio ácido-base sistêmico.

Serve para avaliação de pacientes com acidose metabólica, para monitorar a eficácia da alcalinização ou acidificação.

Um pH da urina alto, ou seja, urina alcalina, pode indicar, aspiração gástrica, insuficiência renal, acidose tubular renal.

Valor normal do pH urinário

Os valores normais estão no intervalo 4,6 – 8,0.

Em condições normais, o valor do pH é influenciado pelo tipo de dieta.

Por exemplo, dietas ricas em carne – tendo mais conteúdo de ácido do que uma dieta vegetariana.

O médico irá avaliar se um resultado alterado tem algum valor no contexto clínico que o paciente apresenta.