Pedra nos rins, como eliminei um cálculo, medicamentos usados e exames realizados

Vou contar aqui como eliminei uma pedra dos rins que desceu e ficou parada em algum lugar, ureter, provavelmente, depois da primeira crise de cólica que tive. O intervalo entre a primeira crise até conseguir eliminar foi de uma semana, entre idas e vindas no pronto-socorro. Veja como como eliminei o cálculo, quais medicamentos que o médico indicou e também exames que foram realizados.

Os cálculos são formações firmes, duras, de vários tamanhos, presentes nos rins ou nas vias urinárias, formadas a partir de acúmulo de cristais existentes na urina quando fica muito concentrada, principalmente se pessoa ingere pouca água durante o dia.

Como aconteceram as cólicas, medicamentos que tomei

Duas semanas atrás estava de plantão no laboratório quando começou uma daquelas cólicas horríveis, deve mesmo ser dor parecida com a do parto, realmente algo insuportável. Fiquei no pronto-socorro tomando soro e buscopan composto, mais tarde o plantonista me liberou, fui para casa.

Mas as dores não pararam, no outro dia, um domingo, quando era 4 horas da manhã, atacou outra cólica tenebrosa, peguei o carro e fui para o pronto-socorro novamente, nem sei como cheguei lá dirigindo.

Fiquei tomando buscopan e soro novamente, a dor passava um pouco e voltava. Durante um destes episódios, a dor era tanta que o médico resolveu passar tramal. Retorcia numa cama próxima ao banheiro, acho que me colocaram ali pensando que eu teria que usar este recinto várias vezes, e poderia colocaria a pedra para fora.

Geralmente quando a pedra é muito pequena pode ser eliminada sem grandes transtornos, mas quando são pedras maiores elas podem ficar presas no ureter, bexiga ou uretra, chegando a causar obstrução urinária e levando a infecções e consequentemente muita dor.

Olhando para o teto branco na observação do PS passei várias horas, neste dia tinha poucas pessoas, entre uma cólica e outra, ficava ouvindo as histórias de um bombeiro que tinha batido a ambulância da corporação em um poste. Estava muito triste por ter destruído a viatura e pensando em se aposentar, mas dizia que tinha que se preparar para este momento, acompanhei seu raciocínio e concordei, até para a aposentadoria temos que nos preparar. Mas eu sabia que não poderia ouvir histórias longas, pois a próxima crise estava quase chegando.

Exames que o médico solicitou no Pronto-socorro

Até o final do fatídico domingo, fiz exames de sangue, como hemograma, uréia, creatinina, todos com resultados normais. Um exame de urina, sem alterações evidentes, apenas um pouco mais de muco. O médico pediu também um exame Ultrassom.

Este exame de US acusou alguns cálculos nos dois rins, mas não conseguiu identificar pedras nos canais de descida da urina. Porém, tinha certeza que estavam por lá, as dores me avisavam.

As observações clínicas, o exame físico, oferecem boas pistas para o médico suspeitar de cálculos renais, mas alguns exames são fundamentais para o diagnóstico: Exames de urina, ultrassonografia de abdome; radiografia de abdome, urografia excretora e também tomografia computadorizada.

O médico urologista passou durante seu plantão e conversou comigo no final do domingo, como as crises tinham diminuído de intensidade, a dor era suportável naquele momento, disse que se eu quisesse poderia ir para casa, se desse nova crise a noite, eu voltaria.

Mas, como não tinha expelido a pedra, o médico disse, que se achasse melhor passar a noite ali seria mais prudente, de imediato, aceitei. Mesmo não sendo muito bom aquele local, pelo menos me mandavam o medicamento imediatamente quando as dores iniciavam.

A noite foi de sofrimento. O PS lotou, em um leito da observação, ao lado do meu, um homem gemia freneticamente. A equipe de enfermagem veio, mas pouca coisa podiam fazer, apenas tentaram curar sua bebedeira um pouco mais rápido.

Do outro lado um rapaz também gemia de hora em hora, com uma dor no pé, que estava muito inchado, mas este não era de bebida, estava bem, a não ser o pé que não o deixava dormir, poderia ser um problema de ácido úrico elevado, a gota, mas ainda sem diagnóstico.

Na outra cama, um rapaz engrossava as estatísticas de atendimentos de acidentados no trânsito, um carro bateu em sua moto e o arremessou longe. Algo estranho tinha acontecido com suas pernas, mas de longe, não consegui identificar o que era.

A noite passou e o dia amanheceu, eu estava próximo a uma grande janela, fui o primeiro a avistar os raios de luz da segunda-feira.

Como estava melhor, o médico me liberou. Antes de ir, me receitou alguns medicamentos para ajudar eliminar a pedra estacionada em algum lugar no trajeto da urina. Além disso, recomendou tomar muita, muita água.

Me despedi do pé inchado, não o bêbado, o outro, e fui para casa.

No decorrer da semana, trabalhei mesmo com as dores incomodando, tomando buscopan composto e correndo para a cama do descanso depois de iniciar mais um momento tortura.

Foi assim até a sexta-feira. Não aguentando mais esperar o pedregulho descer, e as dores incomodando frequentemente, voltei ao médico.

Ele avaliou e resolveu pedir uma urografia venosa. Me passou também Toragesic quando as crises estivessem incomodando muito, o que realmente estava acontecendo. Reforçou o uso de medicamentos que ele tinha indicado antes, o duomo e nimesulida de 100 mg.

Leia aqui sobre o Duomo que é a Doxazosina e veja também sobre a tansulosina.

Quando foi no sábado apelei para todos os santos e medicações folclóricas ou não, buscando eliminar pedra nos rins. Tomei um tal de abacaxi com coca-cola, o suco do abacaxi misturando-se a mesma proporção de coca-cola.

Além disso, o medicamento duomo, usado para problemas de próstata, mas que ajuda reduzir a pressão e relaxar os canais do trajeto da urina e da dita pedra.

Pois bem, quando foi neste mesmo dia na parte da tarde, veio uma cólica daquelas, desta vez achei que teria que voltar para o PS de teto branco e pessoas gemendo.

Mas o Toragesic foi a salvação para a dor. Já era noite, consegui dormir.

No outro dia, um domingo, apenas leves dores na região dos rins, mas nada comparado as dores dos outros dias, foi uma maravilha.

Passou o almoço e nada da dor voltar, eu comecei a preocupar, algo estranho aconteceu, e minhas dores? No meio da tarde fui ao banheiro para mais um momento de tensão. Acreditem, ela desceu, a dita cuja desceu, urinei a pedra, vi ela batendo no vaso. Claro, peguei a danada.

O cálculo tinha por volta de 3 a 4 milímetros era bastante áspero, com ranhuras, e meio em forma de “C”, provavelmente um dos motivos de ter ficado parada em algum lugar do canal por onde passa a urina.

Acredito que tenha descido no dia anterior, quando fiz uma operação de guerra para fazer a pedra escorregar, e no final da tarde a dor tinha sido tremenda, deveria estar eliminando  a pedra do local onde causava grande dor, e depois disso não senti mais nada e no outro dia ela saiu de vez.

Veja aqui sobre exame para análise de cálculo renal.

Como já estava marcado para fazer a urografia na terça-feira, fiz mesmo tendo eliminado o produto que mais buscaria ser encontrado neste exame.

O exame urografia é bastante chato, tem que tomar dulcolax, polaramine, flagass e ranitidina, no dia anterior ao teste e jejum absoluto no dia do procedimento. No momento do exame é feito um RX e depois aplicado um contraste iodado na veia, neste momento sobe um calor vindo do local da aplicação e em alguns casos, um pouco de dor e náuseas, perfeitamente suportáveis.

Feito isso, outros RX são feitos de tempo em tempo para avaliar a capacidade dos rins de filtração e buscando encontrar outros cálculos. E eles foram vistos, tem 3 maiores e outros menores, mas o médico preferiu, por não ser pedras grandes, não fazer o procedimento de quebra das pedras no laser.

Tratamentos utilizados hoje em dia para eliminar os cálculos, pode ser a litotripsia, cirurgia percutânea ou endoscópica, e a ureteroscopia. Geralmente a escolha vai depender do estado clínico do paciente, tamanho do cálculo e outros fatores.

Então, ainda tenho que eliminar mais algumas coisinhas indesejáveis presentes nos meus rins.

Recomendou beber muita água, pelo menos 2 litros por dia, longe da pouca quantidade que bebia antes. Para saber se realmente está tomando uma quantidade de água ideal, observe se a urina está clara, ou um amarelo bem clarinho.

Porém, se a urina está com coloração amarelo escuro, por exemplo, e não tem alguma patologia, ou medicação em uso,  para causar esta forte cor, este é um indício de que a quantidade de água ingerida não está ideal. Recomendou também reduzir o sal.

Mas uma coisa que identifiquei, a pressão anda meio alta, devo começar a me preocupar com isso também.

E foi assim que tudo aconteceu, e todos viveram felizes, até a próxima pedra incomodar novamente. Veja nos comentários outros casos e como eliminaram a pedra, colabore também.

Este texto foi útil? ⭐⭐⭐⭐⭐
Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 149

Pedra nos rins, como eliminei um cálculo, medicamentos usados e exames realizados
Compartilhe este texto
avatar
Alessandra
Visitante
Alessandra

Também tenho tido sintomas acentuados. Dores no flanco, lombar e na região pélvica. Os exames laboratoriais não acusaram nada. Apenas ph ácido. Em um intervalo de um mês e meio tomei dois antibióticos para infecção de urina. O primeiro episódio com sangramento, o segundo sem. Resolvi por conta própria tomar furosemida, 01 cp por dois dias, além de 03 litros de água aproximadamente. Andava com galão de 01 litro na mão e enchendo assim que esvaziava. Observei um cisco preto na urina, já no primeiro dia de uso do furosemida. Tomei na parte da manhã pra acompanhar todo o processo… Read more »

Anderson
Visitante
Anderson

Já eliminei por 3 oportunidades pedra dos rins pela urina sem nenhum tipo de tratamento (2011, 2014, 2018), há 20 dias atrás pela quarta vez comecei a sentir os mesmos sintomas, dor e queimação ao urinar, desconforto no canal urinário e nos primeiros 7 dias percebi que eliminei 4 pedras pequenas, os 4 próximos dias estava tudo normal quando de uma semana pra cá durante a primeira urinada da manhã senti que a vazão do nada foi bloqueada parcialmente e deu uma leve dor no canal urinário, percebi que ali poderia ter se alojado a pedra, no dia seguinte fui… Read more »

Pedro Lucio
Visitante
Pedro Lucio

Estou sentindo dores no do rim direito. Fiz exame de urina e deu como normal. No entantanto o exame de Ultrasson mostrou um calculo com 4 milimetro de diametro.
Ja tomei muito cha de quebra pedras, varias vezes cerveja sem alcool com abacaxi. Abacaxi com coca cola e ate agora nada da pedra sair. Nao quero submeter a nenhum procedimento cirurgico.

Silvano Vilela
Visitante
Silvano Vilela

Francisca, provavelmente a pedra deve ter se deslocado do canal onde causa muita dor e tenha migrado para bexiga, logo irá expelir na urina

Silvano Vilela
Visitante
Silvano Vilela

Provavelmente deve ter expelido a pedra sim. Uma das vezes que tive crise de cólica renal foi assim também, parou a dor depois a pedra saiu, mas vi quando aconteceu.

Vagner miqueias
Visitante
Vagner miqueias

Minha dor comecou no domingo de madrugada forte do lado direito e irradiando para o abdomen nossa terrivel nao sabia se mijava cagava vomitava segunda cedo fui na medica ela disse que era pedra . Passou buscopan toragesic e tansulosina.nao tive mais dor mas fica ainda umm incomodo parece que quero urinar toda hora..isso e normal. No primeiro dia a urina saiu com um pouco de sangue ela disse que e devido a pedra se movimentar. Tenho que esperar. Expelir.

Talitaq
Visitante
Talitaq

Estou passando pela mesma situação. Faz duas semanas
No início comecei sentir a urina ardendo e com uma coloração escura e um odor muito forte
Pensei que fosse infecção urinária
Tomei até amoxilina
Amenizou um pouco
Depois que eu parei de tomar o antibióticos voltou pior
Dessa vez começou a sAngra parecia que eu estava menstruada
Tô sentindo dores nas costas e perto da virilha e fica arranhando na hora de fazer xixi
Eu já fui no medico e ele solicitou um exame de ultrassom
Vou fazer mas confesso que tô morrendo de medo

Leny
Visitante
Leny

Minha filha tem 16 anos ele começou a sentir dores fortes no lado direito do abdômen levei ela no postinho onde deixaram no soro voltamos pra casa depois ele se sentou mal de novo aí procurei um hospital lá fizeram exames nela e descobriram que ela tá com dois cálculos renais um 7 mm e outra 3 mm ela já tomou várias medicação dada pelo urologista sendo que o cálculo ainda não expeliu oq devo fazer sendo que no momento ela não tá com dor mas mas ainda ela tá na medicação estou preucupada com ela oq devo fazer

Luiz
Visitante
Luiz

Minha pedra tem 4 mm.

trackback
Pedra nos rins - Doxazosina (duomo) e tansulosina (secotex) medicamentos usados para expelir o cálculo renal | Plugbr.net

[…] Eu já tive cólica de rins, era uma pedra pequena, siga este link para saber como eliminei o cálculo. A pedra era muito áspera o que dificultou a descida, ficando no ureter por mais de uma semana. […]

Eliane outor
Visitante
Eliane outor

Alguém já tomou litocit, para dissolver as pedras?

Celso
Visitante
Celso

Tenho uma pedra de 11 mm. Teria algum tipo de tratamento para que vá dissolvendo ela devagar que não seja abacaxi com Coca-Cola, tenho um amigo que quase morre com esse procedimento, então esse eu já eliminei da minha lista de tratamento. Alguém pode me orientar.

Mena
Visitante
Mena

Estou com uma pedra no canal de bexiga, me ensinaram bater o abacaxi com cerveja e hoje li que abacaxi e coca cola minha pedra está no canal da bexiga, com 4 MM, espero que saia sem cirurgia, estou tomando também cápsulas de quebra pedra e muita água , tomara que dê certo

JACQUELINE ABREU
Visitante
JACQUELINE ABREU

Fiz o exame hoje, e descobri que estou com uma pedra de 13mmm, a profissional que fez me falou que posso perder o rins

eliani
Visitante
eliani

Meu nome é Lia, A mais ou menos 6 anos comecei tendo infecção urinaria recorrente. Após ir a um médico e outro, um me passou retemic , foi onde o que estava ruim ficou pior (acredito que ele tenha errado feio no diagnostico, já que retinha a urina com infecção), pois as dores ficaram piores e onde fui internada e sendo medicada com morfina pra aliviar as dores. Após tomando morfina e anti bióticos varias vezes ao dia, por 3 dias, daí entrei em coma por causa de uma infecção generalizada, permaneci por 5 dias, no dia que sai do… Read more »

Fabio Villela
Visitante
Fabio Villela

Sempre sofri com pedras. a última tinha 22×12 m/m ou 2,2×1,2 cm, Levou um ano para caminhar pelo ureter, caiu na bexiga, entalou no esfincter uretral (isso dói pacas quada vez que voce contrai) e obstruiu a passagem de urina por completo quando entrou na uretra. Fiquei dois dias sem fazer xixi, me internei em um hospital público numa madrugada de sábado, o cirurgião que me atendeu disse que iria empurra-la de volta para bexiga, abrir a bexiga e remover, porém precisava de um exame de imagem e a máquina estava quebrada. Me apavorei. Pensei que ia morrer por obstrução.… Read more »

Cesar
Visitante
Cesar

caros amigos, só quem ja sofreu a dor da pedra se movimentando sabe como é, ja expeli uma de 1.2 mm em 2012, foi a primeira vez, apos este episódio sempre soube levar essas colicas tao doloridas imaginando que sempre conseguiria expelir, coca com abacaxi com certeza é otimo ajuda bastante, inclusive ja destravei algumas do canal do ureter usando este sando remedio.. desta vez estou com uma pedra que começou a dois meses descar do rim esquerdo para bexiga, os sintomas sao muita colica renal, pertubacao, dor no testiculo que irradia para perna, e com certeza buscopan nao faz… Read more »

Dulcy
Visitante
Dulcy

Muito bom, vou fazer hj msm.
Ah mais de um ano sofro com cálculo 7mm.. hj estou com muita dor, remedios já não resolvem mais.??

Valdo Souzza Silva
Visitante
Valdo Souzza Silva

Tomei um remédio FLANCOX e foi o único que resolveu o problema da dor horrível que é dor nos rins,quanto ao suco de abacaxi com coca cola vou testar estou com dois cálculos um maior no esquerdo e um menor no direito.

Cristiane Lima
Visitante
Cristiane Lima

Estou com crise renal há alguns dias. Semana passada tive q tomar tramal e nada de passar. Depois tomei morfina e foi o q aliviou. Mas durante a semana a dorzinha voltou. Vi seu relato de coca cola com abacaxi, mas vi alguns tbm dizendo q era perigo. Da alguma reação desagradável mesmo?