Orientação nutricional para anemia

É necessário sabermos primeiro: 1) o que é anemia? Trata-se de uma doença onde podemos observar a diminuição dos glóbulos vermelhos, mais diretamente da quantidade de hemoglobina presente nas hemácias. A hemoglobina é uma proteína que contém o ferro na sua estrutura e transporta o oxigênio necessário para alimentar as células do organismo para produção de energia. Havendo diminuição na concentração de glóbulos vermelhos ou de hemoglobina, os órgãos do corpo começam a receber menor volume de oxigênio, começando então a aparecer problemas físicos. A principal causa de anemia é a deficiência de ferro no sangue.

2) Como a anemia é prevenida? Um dos principais focos é ter uma dieta rica em ferro. Nunca esquecer que a anemia pode ser proveniente de outras causas como alguns tipos de vitaminas ou outros problemas de produção ou perda exagerada.

Sabendo o que é anemia e como prevenir, podemos agora identificar os alimentos ricos em ferro. Alguns deles: Carne de vaca, peixe, gema de ovo, frango, feijão, soja, lentilha, grão-de-bico, espinafre, brócolis, couve e outros vegetais de folha verde escura.

A ingestão destes alimentos melhora a disponibilidade de ferro para o sangue, mas temos que nos atentar também com a questão do aproveitamento deste ferro pelo órgão produtor de sangue. Para isso devemos:

  • Quando consumir tomates, procure retirar as sementes pois elas influenciam na absorção do ferro no organismo;
  • Não use derivados de leite nas refeições principais, almoço e janta, (leite, creme de leite, queijo), pois eles interferem na absorção do ferro;
  • Durante ou após o almoço, consuma um alimento fonte de vitamina C, como frutas cítrica, pois essa vitamina facilita a absorção do ferro;
  • Tente diminuir a quantidade de alimentos industrializados presentes na sua dieta, como enlatados e chocolates;
  • O suplemento ferro em composição medicamentosa só deve ser tomado com orientação médica;
  • Evite beber chá ou café durante as refeições;
  • O corpo armazena o ferro por alguns dias, portanto não é motivo de aflição se não conseguir ingerir quantidade ideal diariamente.

Não basta simplesmente comer alimentos ricos em ferro, é necessário melhorar as condições para a absorção do mesmo, assim podemos conseguir um melhor rendimento e aproveitamento deste importante componente.

Este texto foi útil? ⭐⭐⭐⭐⭐
Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 51

Orientação nutricional para anemia
Compartilhe este texto
avatar
Cássia Alves da Silva
Visitante
Cássia Alves da Silva

Boa tarde, adorei essa matéria! Estou com anemia e fiquei meio perdida, por isso procurei na internet sobre o assunto.
Fiquei surpresa, porque sou totalmente leiga. Para mim, foi muito útil.

Abraços,

Cássia

Maria
Visitante
Maria

minha netinha fez exame de sangue e deu bastonete 0 é preocupante?

Paulo Villela
Visitante
Paulo Villela

Silvano,
Acredito que uma boa alimentação é a base para uma boa saúde, no caso da anemia, é essencial.

*Parabéns pelo novo visual, ficou ótimo!

abs

Luma
Visitante
Luma

Além da anemia causada pela deficiência de ferro no organismo, tem também as que são transmitidas hereditariamente, pertencentes a uma raça ou associada a uma infeção. Beijus