Naloxona, conhecido como narcan salva pacientes com overdose, veja como funciona o medicamento

É frequente ouvirmos que um paciente deu entrada no hospital e a provável causa foi overdose por alguma droga como heroína, mas é possível reverter o caso e salvar a vida de muitos paciente com o uso do medicamento conhecido com o nome comercial de Narcan, mas o princípio ativo é a Naloxona, veja como funciona.

A naloxona tem a capacidade de bloquear os efeitos de drogas produzidas a partir de ópio ou opióides. Citamos: heroína, oxicodona, morfina, fentanil, metadona, hidrocodona, buprenorfina, codeína e hidromorfona.

O fármaco naloxona

O fármaco Naloxona é antagonista específico dos receptores opióides no sistema nervoso central. Tem como função principal reativar a ventilação espontânea em pessoas que tiveram eventos de intoxicação por opióides.

Além desta função respiratória, também busca reverter o efeitos tóxicos que o coração sofreu e analgesia, desta forma a pessoa volta a ficar consciente novamente.

Depois de administrar a medicação, ocorre normalização também do tamanho das pupilas e o intestino volta a trabalhar normalmente.

Perceba que a Naloxona ou Narcan é um fármaco muito importante nestes casos de overdose por algum tipo de opióide.

Mas tem um fato muito importante que confere a esta medicação uma importância muito maior. Ela pode ser aplicada na pessoa mesmo que não se tenha certeza que o paciente teve realmente uma overdose. O medicamento não causará nenhum problema se não existir uma overdose.

Reverte também efeitos da morfina, outro medicamento, em poucos minutos.

Naloxona é de uso hospitalar

O medicamento é comercializado para uso em hospitais, na forma de ampola de 1 ml com concentração de 0,4 mg/ml.

A ampola será diluída em um pouco de água destilada e depois aplicada preferencialmente por via IV, intramuscular (IM), subcutânea (SC).

Ela começa a fazer efeito em dois a cinco minutos, permanecendo ativa por 30 a 120 minutos.

Dependendo do tipo de substância que a pessoa usou, pode ser necessário novas doses depois de mais ou menos meia hora.

Naloxona é um fármaco importante

Portanto, naloxona é um fármaco fundamental nos casos em que se objetiva o diagnóstico de intoxicação por opióides e a busca por reverter seus efeitos colaterais.

O medicamento deverá ser usado com cautela em pacientes cardiopatas devido ao risco de estimulação simpática. Principalmente em pacientes com risco de evoluir com síndrome de abstinência.

Este texto foi útil? ⭐⭐⭐⭐⭐
Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 15

Naloxona, conhecido como narcan salva pacientes com overdose, veja como funciona o medicamento
Compartilhe este texto

Sobre o autor

avatar