Mães que tomaram paracetamol durante a gravidez podem ter filhas com fertilidade reduzida

Paracetamol usado durante a gravidez pode comprometer a fertilidade das filhas na idade adulta, de acordo com uma revisão publicada em Endocrine Connections. Mães que tomaram a substância durante a gravidez pode ter filhas com fertilidade reduzida, pesquisa aponta.

Paracetamol (acetaminofeno) é um analgésico, usado para tratar diversas condições clínicas como dores de cabeça, dores musculares, nas costas, dores de dente, artrite, resfriados e febres. Paracetamol na gravidez aumenta autismo e hiperatividade, agora novo estudo aponta problemas na fertilidade de filhas de mães que tomaram esta substância na gravidez.

Paracetamol usado na gravidez

O medicamento pode ser adquirido em qualquer farmácia, usado para dor, não requer receita médica para comprar.

Mulheres grávidas também fazem uso do fármaco sem nenhum controle, até com indicação de profissionais.

Dr. David Kristensen e colegas do Hospital Universitário de Copenhague, analisam os resultados de três estudos em roedores.

Estas pesquisas avaliaram os efeitos do paracetamol tomado durante a gravidez no desenvolvimento do sistema reprodutivo na prole feminina.

Resultados de pesquisas em mulheres que usaram paracetamol na gravidez

Sabemos que algumas substâncias químicas usadas na gravidez podem ser prejudiciais ao desenvolvimento do bebê.

Alguns deles podem trazer problemas a curto prazo, mas alguns provocam problemas a longo prazo.

Filhas de mulheres que fizeram uso de paracetamol no período da gravidez apresentaram problemas no aparelho reprodutor.

Na pesquisa, roedores que receberam a substância durante a gravidez, em doses equivalentes às que uma mulher grávida pode tomar para alívio da dor, produziram descendentes femininas com menos ovos.

Isso significa que na idade adulta, eles têm menos ovos disponíveis para fertilização.

Tal fato, pode reduzir suas chances de reprodução bem sucedida, particularmente à medida que envelhecem.

Outros problemas relacionados a esta substância química: Risco de asma aumenta em adolescentes que tomam paracetamol.

Conclusão

Dr. Kristensen diz que isso não é um prejuízo grave para a fertilidade, mas alerta que dados de três laboratórios diferentes também descobriram de forma independente que o paracetamol pode prejudicar o desenvolvimento reprodutivo feminino dessa maneira.

Pesquisas em seres humanos podem não mostrar os mesmos resultados que em ratos, mas a conexão pode ser verdadeira.

Realmente, fortes indícios apontam que paracetamol usado na gravidez necessita de pesquisas mais aprofundadas.

Este texto foi útil? ⭐⭐⭐⭐⭐

Avaliação média: 4.4
Total de Votos: 47

Mães que tomaram paracetamol durante a gravidez podem ter filhas com fertilidade reduzida
Compartilhe este texto

Sobre o autor

avatar
CLEIDE BARBOSA DA CUNHA
Visitante
CLEIDE BARBOSA DA CUNHA

oi boa tarde!

fiz o uso de paracetamol minha gravidez inteira,pois sentia fortes dores de cabeça e o meu medico me receitou paracetamol,hoje minha filha tem 14 anos,tenho medo por ela se isso for realmente verdade.