A Hi Technologies, criou um novo dispositivo para facilitar a realização de vários exames, o Hilab é um serviço de telemedicina que executa testes laboratoriais, como: HIV, vírus zika, dengue, teste de gravidez, de maneira diferente dos exames tradicionais, com uma proposta de oferecer resultado rápido de maneira práticaHilab usa gotas de sangue para realizar teste rápido e o laudo é emitido pela internet, veja como funciona o dispositivo de startup brasileira.

A equipe que realiza a verificação dos resultados, está situada em Curitiba, PR, e desta central recebem e as informações e distribuem os laudos dos testes lidos por um gadget mantido em clínicas, farmácias e hospitais. O serviço Hilab, desenvolvido com tecnologias Microsoft e Intel, está em fase de testes.

Como funciona o Hilab

Seguindo a mesma metodologia dos testes rápidos tradicionais, mas com uma pitada de tecnologia e interatividade na entrega do resultado.

Começa com uma pequena picada no dedo, um volume aproximado de 10-50 µl de sangue, será suficiente para realizar testes.

O sangue será inserido em um pequeno “bastão” contendo um ou mais testes rápidos,  mas cada um faz um tipo específico de exame.

A cápsula ou bastão carrega em uma plataforma substâncias que em contato com o sangue ficam coloridas quando positivo.

hilab testes rápidos com gotas de sangue

Um tipo de leitor de teste rápido, um colorímetro, medindo cerca de 14cm de altura será usado na análise.

Para saber qual teste foi inserido no leitor, um QR code identifica o material.

Este gadget que fará leitura e escaneamento da reação colorida desenvolvida.

Neste momento ocorre a identificação de qual é o tipo de exame inserido e leitura da cor.

hilab exames gadget para testes rapidos

As informações coletadas no local onde o paciente está, são imediatamente encaminhadas via internet para uma central de análise dos dados.

A equipe irá receber as informações e procederá a avaliação e disponibilizará o laudo assinado para o local de coleta dentro de pouco tempo.

Quais os testes fornecidos pelo hilab

Neste momento os testes que a empresa informa que disponibiliza são os seguintes:

HIV, vírus zika, rubéola, toxoplasmose, chikungunya, dengue IgG e IgM, HCV, Influenza A e B, teste de gravidez, hemoglobina glicada, PSA, vitamina D.

Qual a intenção da empresa ao proporcionar este tipo de análise

Com este método pretendem promover a realização de exames clínicos com rapidez, visa agilizar o atendimento do médico.

Proporcionar agilidade na solução de problemas de saúde.

Quem pode ter o dispositivo

O dispositivo é colocado sem custos em estabelecimentos de saúde, empresa diz que irá cobrar apenas por testes realizados.

Afirmam que o valor será menor que os testes convencionais.

Para ter acesso precisa ser profissional de saúde e passar por treinamento.

A tecnologia do dispositivo

O sistema utiliza conceito de IOT, funciona na plataforma Azure da Microsoft, e criptografia AES256 com garantia da Microsoft.

A Hi Technologies conta ainda com tecnologias da Intel, além de investimentos da Positivo, que detém 50% da startup.

Evidentemente algumas questões devem surgir acerca deste modelo de negócio, financeiras, éticas, segurança, qualidade, reanálises e consonância com órgãos reguladores.

Porém, a ideia é válida, traz novas nuances no processo de avaliação de material biológico e entrega de laudos, mas isso não pode jamais onerar o paciente com reanálises por dúvidas no procedimento proposto.