Exame de HIV – Recomendações para realização em caso de exposição a situação de risco

Em outro texto sobre “fazer o teste de HIV” sempre perguntam sobre qual é o tempo necessário que se aguarde para fazer o exame de HIV depois de uma relação sexual ou alguma situação de risco que possa ter ocorrido uma infecção, neste texto vou fazer algumas considerações a respeito deste importante tema, abordando estudos, consensos, normas e recomendações existentes com relação à janela imunológica, anticorpos e testes laboratoriais.

A conhecida janela imunológica, período em que o resultado dos exames que pesquisam o vírus HIV (na verdade pesquisam anticorpos contra o vírus HIV) podem ser negativos mesmo na presença do vírus.

HIV e a janela imunológica

Nesta fase ainda não existe anticorpos suficientes para que o exame possa detectar.

O intervalo entre a infecção pelo vírus e a detecção dos anticorpos no soro do paciente varia muito em função das condições orgânicas da pessoa, da capacidade do agente viral e do tipo de exame (quanto à sensibilidade e especificidade).

Não espere aparecer sintoma, estima-se em dez anos o tempo médio entre o contágio e o aparecimento da AIDS, doença propriamente dita.

Como surgem os anticorpos que os testes de HIV pesquisam

Quando o vírus HIV entra no organismo o complexo sistema imunológico começa a agir para se defender, então, “cria” os anticorpos para combater o agente viral, e são eles, os anticorpos, que os exames de triagem detectam.

Anticorpos, sua  presença confirma a existência do vírus propriamente dito.

O aparecimento de anticorpos no soro de indivíduos infectados tornam-se detectáveis após curto período de tempo.

Alguns métodos pesquisam diretamente o vírus, cultura do vírus e detecção por genotipagem.

Sobre Janela Imunológica

Janela biológica ou imunológica intervalo entre a infecção pelo vírus da aids e a  detecção de  anticorpos anti-HIV pelos exames tradicionais.

Segundo o consenso para terapia anti-retroviral em adultos infectados pelo HIV (2008), no item métodos de diagnóstico da infecção pelo HIV, destaca:

O período total para a detecção de anticorpos, isto é, a janela imunológica, é a soma do período de eclipse (sete dias) e do período de detecção de anticorpos anti-HIV da classe IgM (22 dias), ou seja, em média 29 dias, já que em torno de 90% das infecções são detectadas nesse período.

Se um teste de detecção de HIV é feito durante o período da janela imunológica, há possibilidade de um resultado falso-negativo, caso a pessoa esteja infectada pelo vírus.

Portanto, se o teste for feito no período da janela imunológica e o resultado for negativo, é necessário realizar um novo teste, dentro de dois meses, como segurança.

Pois, como visto, em 29 dias 90% soroconvertem e com 45 dias 99,99% sofrem a viragem sorológica se a pessoa estiver realmente infectada.

Quanto tempo depois de uma relação de risco deve ser feito o teste e onde procurar

O ministério da saúde recomenda que o teste anti-HIV seja realizado 60 dias após uma provável infecção.

Na maioria dos casos, a sorologia positiva é constatada de 30 a 60 dias após a exposição ao HIV. (Min da saúde).

Porém, existem raros casos em que esse tempo é maior, mas neste caso deve conversar com seu médico para que ele faça uma avaliação para constatar se existe tal probabilidade rara.

A rede SUS oferece o exame grátis nos postos de saúde ou CTAs – Centro de Testagem e Aconselhamento.

Se a sua localidade não conta com o serviço, procure os postos de saúde SUS no seu município e exija a realização do teste.

Existe uma equipe para esclarecer suas dúvidas e realizar todo procedimento com sigilo.

Testes 3ª geração são aqueles mais frequentemente utilizados, com uma janela média de 21 a 25 dias. Detectam anti HIV, além de teste rápido que se equivalem a esta classificação.

Quanto aos testes de 4ª geração que detectam o antígeno p24 e anticorpos anti-HIV, capazes de reduzir o tempo de detecção para até 14 dias, “No entanto, é importante investigar, que em caso de reatividade nesses testes, se a mesma é inerente à presença de anticorpos realizando-se os testes confirmatórios, uma vez que o diagnóstico da infecção pelo HIV baseia-se na soroconversão completa”.

O diagnóstico da infecção pelo HIV e regulamentado pela Portaria de Nº 59/GM/MS, de 28 de janeiro de 2003.

Depois desta portaria os testes não-reagentes ou negativo, terão seu resultado definido como ” Amostra Negativa para HIV “.

Outras publicações sobre HIV podem ser encontradas nestes textos do site e no site do MS.

Para pessoas que trabalham com a rotina de realização de exames de HIV, sejam testes rápidos, ELISA ou MEIA, uma proposta de curso para treinamento bastante interessante é o Telelab, já comentei sobre ele em outro post.

Para evitar passar por situações de risco, não só com relação ao contágio de HIV, mas com todas as outras DSTs, use sempre o preservativo,

Camisinha em todas as relações do início ao fim, é a melhor solução.

Este texto foi útil? ⭐⭐⭐⭐⭐
Avaliação média: 4.57
Total de Votos: 65

Exame de HIV – Recomendações para realização em caso de exposição a situação de risco
Compartilhe este texto
Avisar para
disqus_6m58v7QBsW
Visitante
disqus_6m58v7QBsW

Na tentativa de desobstruir o sangue coagulado do paciente com uma agulha e seringa, eu suguei o soro do extensor que por sinal estava soro misturado com sangue e dei uma leve pressão,nessa pressão a agulha furou o extensor e me deu uma picada no dedo,essa picada não sangrou e nem deixou marcas de sangue no meu dedo. Eu estava com luva. Corro o risco de mesmo não ter tido um furo profundo e sem ter saído nem um sinal de sangue de ter contraído alguma doença? Meu maior medo é o HIV .Não estou aqui para julgamentos e sim… Read more »

Soraia1684
Visitante
Soraia1684

Dr, fiz teste rápido em CTA 29 dias após a relação de risco (relação dia 15/02 e teste dia 15/03).
Deu não reagente.

Contudo, duas coisas me preocupam:
1) A janela mínima é de 30 dias e eu fiz com 29.
2) Quando fiz o teste, fiz hemograma antes e estava com os linfócitos baixos. Isso pode influenciar o resultado do teste rápido?

Carlos Costa
Visitante
Carlos Costa

Olá efetuei diversos testes o último deles com 89 dias. Surgiram agora diversas bolinhas no meu peito com a ponta branca e Ganglios no pescoço dos dois lados. Serabque pode ser HIV? Obrigado

romildo
Visitante
romildo

Olá estou meio paranóico eu acho fiz um teste rápido bio magrinhos no cta um com 63 dias e outro com 88 dias !!! Deu não reagente para o meu alívio !!! Mais estou com diarreia tem um mês já é dor de cabeça !!! Eu acho Doença auto imune, e não toma remédio

Bel
Visitante
Bel

Olá Dr! Fiz o teste que quimioluminescencia e o resultado foi de 0, 05 não reagente. E no exame tinha um soro j, não so nesse exame mas nos outros também como nos de contagem de plaquetas e etc. Estou preocuoada!

Patricia Junqueira
Visitante
Patricia Junqueira

Olá Dr. Silvano.

Dúvida, por favor, é rápido.

Realizei alguns testes de HIV.
O penúltimo foi depois de 60 dias, elisa 4ª geração, NÃO REAGENTE.
O último foi depois de 135 dias, elisa 4ª geração, NÃO REAGENTE.
Se meu caso fosse de soroconversão tardia, o p24 do exame Elisa não deveria pegar mesmo assim?
Que eu saiba não tenho nenhuma doença autoimune e não tomo remédios.
Realizei através de um laboratório da rede DASA (Particular).
Será que da pra confiar ou apenas os exames (Biomanguinhos, etc) do Governo, é confiável?

fabio 7 lagoas/Mg
Visitante
fabio 7 lagoas/Mg

bianca, o resultado vem em cima deste resultado, escrito, reagente, não reagente ou indeterminado

Silvano Vilela
Visitante
Silvano Vilela

Dayane, não interrompa sua vida assim, siga adiante, pelo que relata está normal seus resultados. Mas deve consultar um médico para avaliar esta diarréia, que pode até mesmo ser pela condição psicológica abalada. Abraço.

Dayane Sousa
Visitante
Dayane Sousa

Ola Dr: me ajude por favo, fiz um teste rapido de hiv 1/2 com 33, 43, 62 dias todos nao reagente nesse periodo senti dores do lado esquerdo da barriga e tive diarreia so q quando colocava na cabeça q nao tinha nada a diarreia melhorava so q pensava q depois dos 60 dias eu iria melhorar como MS pede com 60 so q ate agora ainda sinto a dor do lado esquerdo a diarria melhou as vezes fica pastosas nao consigo tirar o hiv da cabeça. Ja perdi emprego por causa disso nao arrumo mais minha casa nao to… Read more »

Silvano Vilela
Visitante
Silvano Vilela

Pesquisa de anticorpos por técnica Ensaio Imunoenzimático (EIE).

Emerson Cerqueira Ferreira
Visitante
Emerson Cerqueira Ferreira

O que significa Anti-Hiv (EiE)

hugo vilela
Visitante
hugo vilela

dr estou desesperado, me ajude pelo amor de deus! fiz um exame e veio isso,

esse exame deu negativo ou positivo dr? e por que meu indice de amostra veio tao alto???

metodo- quimioluminescência

CLIA-índice cut off = 1,00

CLIA-índice amostra = 0,250

CLIA-fabricante kit = ABBOTT

CLIA-No. do lote = 11285LI00

CLIA-validade = 09/2012

Bruno123
Visitante
Bruno123

Olá Dr. tive uma relação de risco com uma desconhecida e após 58 dias fiz o exame no método (CMIA), que não espesifica a geração, e deu “não reagente para HIV, 10 dias depois tive uma gripe, febre, calafrios, dores de barriga e minha esposa teve cólicas terriveis e dores de cabeça, a pergunta é:
1)Quaisquer tipo de exame detecta com 60 dias ou 90?
2) Posso ficar tranquilo quanto a isso, ou é necessário outro exame?

Jorge
Visitante
Jorge

Ola Silvano, Tive uma relação de risco em 27/11/2013, uma situação de risco que poderá ter causado a minha contaminação pelo vírus do VIH. Após cerca de duas semanas, comecei a acusar os sintomas próprios da fase aguda, febre, cansaço extremo, perda de peso, dores musculares e nas articulações, manchas na língua (candidíase oral), gânglios inflamados, etc. Neste momento os sintomas cessaram, apenas sinto os gânglios inflamados, dores nas costas (região torácica), dores nos ossos da perna esquerda, alguma dificuldade nos movimentos com o braço esquerdo e algum ardor no pé esquerdo (na pata do pé). Presumo que esteja agora… Read more »

bianca
Visitante
bianca

dr.presciso da sua ajuda fiz um exame de hiv e deu esses resultados mas como nao entendo estou muito preucupada poderia me ajudar dando sua opniao aki esta o exame obrigado

Augusto
Visitante
Augusto

Doutor, uma janela de 50 dias para o exame “Eletroquimioluminescência- Cobas Roche e 411” é suficiente?

Silvano Vilela
Visitante
Silvano Vilela

Opa, janela grande, mas acredito que disse sobre aparecer doença AIDS, e não o vírus.

Silvano Vilela
Visitante
Silvano Vilela

Sim, normal é um resultado não reagente, negativo. Abraço.

Jonatan
Visitante
Jonatan

Oi tudo bem Silvano, fiz um exame ANTI-HIV 1§ metodo ELISA imunoenzimatico ( antigenos Sinteticos ) wiener para hiv e o V.D.R.L para Sifilis, com 24 dias depois do comportamento de risco e ambos deram Não reagente, depois fiz outro com 34 dias apos o comportamento de risco em um CTA o teste foi o RAPID CHECK HIV 1/2 para HIV e V.D.R.L para Sifilis e ambos deram Não reagente… depois fiz outro com 47 dias apos o comportamento de risco ANTI-HIV 1§ metodo ELISA imunoenzimatico ( antigenos Sinteticos ) wiener, e deu novamente Não reagente. devo fazer outro com… Read more »

Eduardo Duncan
Visitante
Eduardo Duncan

Doctor boa tarde, eu fiz o este de HIV com 31 dias de janela, o resultado foi não reagente, esse resultado é muito pouco confiavel??
vale mencionar que eu tive relações com camisinha e não houve sexo oral , nem masturbação. porem um dia depois do examen me deu gripe com dor de garganta.