Exame de ácido fólico no laboratório, como é o jejum, valor normal e resultados alterados

O exame de ácido fólico é usado para detectar a deficiência de folato nas gestantes, em usuários de medicamentos que inibem o folato e pacientes com doença celíaca, doença de Crohn. Para fazer este exame vá até um laboratório na sua cidade, leve o pedido do médico e se você tiver um plano de saúde que cubra exames, leve também a liberação da operadora do seu plano.

O exame ácido fólico também é usado para monitoramento quando a pessoa estiver usado medicamento com folato.

Os folatos agem como cofatores em reações de transferência. São absorvidos no trato gastrointestinal, vindo diretamente da dieta e a partir de folato sintetizado por bactérias intraintestinais.

O deficiência do folato provoca um quadro de exames de sangue com valores pouco diferentes do causado pela deficiência de vitamina B12, estando associada à diminuição da capacidade de síntese protéica e divisão celular.

A deficiência de folato causa a conhecida anemia megaloblástica, e este é o principal problema desta deficiência.

A anemia megaloblástica é uma diminuição de glóbulos vermelhos, que se tornam grandes, imaturos e como são grandes não podem exercer suas funções com qualidade na medula óssea, e também surge neutrófilos hipersegmentados. Tudo isso leva a uma inibição da síntese do DNA na produção dos glóbulos vermelhos.

O que pode ser quando o resultado do exame de ácido fólico está alterado, aumentado ou diminuído

Geralmente os valores estão aumentados ou acima do normal, em casos de dieta vegetariana, deficiência de vitamina B12 e mais raramente nas neoplasias.

Geralmente os valores se apresentam diminuídos na deficiência primária de folato proveniente da dieta, na anemia perniciosa, no alcoolismo, em casos de má nutrição, no hipertireoidismo, em doenças hepáticas, na deficiência de vitamina B12, doença celíaca adulta, anemia hemolítica, hemodiálise crônica, carcinomas, mielofibroses, e até mesmo na gravidez podemos encontrar valores abaixo do normal de ácido fólico.

Mas nunca interprete seu exame usando apenas um resultado de teste isoladamente, o seu médico saberá identificar o problema analisando os sintomas e o conjunto de exames que ele solicitar. Os indícios obre alteração neste exame apresentados aqui servem apenas como conhecimento para posteriormente o paciente saber o que deve relatar ao médico e as perguntas que deverá realizar.

Alguns medicamentos também podem causar interferência no teste, por isso relate à atendente todos os medicamento que estiver usando, entre eles, metotrexato, contraceptivos orais, ampicilina, lincomicina, penicilina, cloranfenicol, eritromicina, tetraciclinas e outros.

Quais os valores normais para este exame de sangue

Para a metodologia Eletroquimioluminescência (ECLIA), o valor normal é  de 2,0  até 19,7 ng/mL.

É necessário jejum para fazer este exame?

Sim, é recomendado que fique em jejum antes da coleta do sangue por volta de 4 horas.

Compartilhe este texto
avatar
valdirene
Visitante
valdirene

fiz o exame ácido fólico e constou 10,95 ng/ml

Glauber
Visitante
Glauber

Meu exame diz que meu nível de acido fólico é de 3,6ng/mL. No examr diz que está abaixo mas gostaria de saber se está muito abaixo ou se é preocupante. Eu realmente percebi que estou bem esquecido e desconcentrado ultimamente.

romeu
Visitante
romeu

qual o motivo para realização desse exame?

Patricia
Visitante
Patricia

E quando o nível é alto? O que significa?