Depois de uma certa idade as mulheres começam a apresentar os sintomas de menopausa, antes desta fase a mulher passa pelo climatério. Mais especificamente na primeira etapa, pela perimenopausa (por volta dos 45 aos 50 anos), o sinal típico é a irregularidade menstrual podendo ocorrer também ondas de calor ou fogacho, identificado como sendo período de dois a três anos antes da última menstruação e por volta de um ano depois. Testes rápidos de farmácia também ajudam detectar este período, e assim é possível cuidar para viver feliz.

Na menopausa (por volta dos 48 anos), ondas de calor e suores noturnos estão presentes. Para amenizar os sintomas da menopausa pode ser feito a TRH – Terapia de Reposição Hormonal, corrigindo a perda hormonal é possível prevenir a osteoporose e doenças cardiovasculares, que costumam ocorrer nesta fase da vida.

Calorão ou fogacho e menstruação irregular

O conhecido “calorão” ou “fogacho“, algo como um calor rápido está presente no climatério, também conhecido na fase inicial como perimenopausa, começando por volta dos 45 a 50 anos, podendo variar bastante. É a fase anterior a menopausa.

Além deste “calor” outro fator que ocorre é a menstruação irregular indicando realmente o início do climatério, mas é importante ter em mente que mesmo nesta fase a mulher está suscetível a doenças e desarranjos orgânicos eventuais, que devem ser descartados antes de dizer que está no climatério.

Um certo número de mulheres apresenta ainda outros sintomas que inclui insônia, relativa queda de cabelo, ansiedade, irritação e vagina um pouco seca.

Quando os sintomas se tornam mais evidentes é a fase da menopausa, que pode perdurar por mais ou menos um ano, com as ondas de calor e uma certa irritabilidade, além de outros sintomas.

Podemos encontrar na farmácia testes rápidos, eles podem ser úteis, não para confirmação de menopausa, e sim como uma informação a mais para que o médico possa tomar medidas necessárias buscando melhorar a qualidade de vida da mulher.

Teste rápido para verificar início da menopausa

Se a mulher ainda apresentar períodos menstruais, o primeiro teste deverá ser realizado durante a primeira semana do ciclo menstrual (2º ao 7º dia), com o dia 1 sendo o primeiro dia da menstruação. Se o resultado do teste é negativo, mas os sintomas persistem, repetir o procedimento com outro teste uma semana após o primeiro teste.

Se a mulher não estiver tendo períodos menstruais regulares, o primeiro teste poderá ser realizado a qualquer momento, e o segundo teste deverá ser realizado uma semana após o primeiro teste.

Teste positivo indica que o nível de FSH é maior que o normal e que pode está iniciando a perimenopausa.

Teste negativo indica que provavelmente não desenvolverá a perimenopausa neste ciclo.

Na menopausa, o nível de FSH aumenta significativamente e o teste confirma o aumento de FSH na urina.

Os testes rápidos avaliam o nível do Hormônio Folículo Estimulante FSH, pois este, com a queda na produção do estrógeno, passa a ser produzido em maior escala.

O hormônio FSH pode também ser dosado no laboratório, por meio de um exame de sangue para detecção das concentrações do FSH, ele estimula os folículos ovarianos na mulher e a formação do esperma no homem.

O FSH encontra-se um pouco elevado no primeiro ano de vida, reduzindo bastante durante a infância e novamente aumenta na puberdade até a idade adulta.

O hormônio FSH vai estar aumentado nas deficiências dos ovários ou dos testículos, tumores e menopausa. Valores diminuídos podem ser vistos nas doenças da hipófise e hipotálamo e na produção ectópica de hormônios esteróideos. Aumenta na síndrome dos ovários policísticos e antes de ocorrer a menopausa.

Outros exames indicados para avaliação de menopausa: 17-hidroxicorticosteróides, estradiol, progesterona sérica, 17-OH progesterona. Também é útil avaliação do colesterol, uréia, creatinina, glicose e o TSH ultra sensível. Os exames de papanicolau, mamografia, ultra-som e densitometria também são necessários.

O que fazer quando sentir os sintomas da menopausa

Não é possível evitar entrar na menopausa, é o caminho natural da vida, o que pode ser feito é amenizar os efeitos deste evento para que possa continuar tendo uma qualidade de vida muito boa, o que é perfeitamente possível, para isso ocorrer é fundamental que a mulher procure um médico, ele certamente irá conduzir muito bem este processo, com uso de alguns medicamentos, se for o caso, para combater os sintomas da menopausa.

A terapia de reposição hormonal – TRH, é uma maneira de amenizar os sintomas da menopausa, por meio de medicamentos contendo a progesterona e estrógeno, hormônios que o organismo deixou de produzir e que são necessários para reduzir os riscos de problemas cardiovasculares e da conhecida osteoporose.

Quanto ao desejo sexual, é freqüente esta dúvida, se ele diminui ou não, cada mulher reage a este momento de forma diferente, algumas continuam como sempre foram, outras realmente diminui.

Não deixe de consultar seu médico e faça exames e avaliação da pressão sanguínea regularmente.

Uma vida saudável, longe de cigarro, álcool, gorduras e consumindo alimentos saudáveis, aliados a exercícios, como caminhada e natação, tornarão esta fase da vida uma época de felicidade e novas conquistas.