Jejum prolongado altera resultados de exames de sangue no laboratório

Se acontecer do paciente ficar em jejum por um período muito prolongado, dependendo deste tempo certamente irá causar uma variação nos resultados dos exames desta pessoa. A equipe do laboratório deve estar preparada para avaliar se o caso requer realmente que se realize o exame ou poderá adiar para outro dia, evitando incorrer em erros nos valores dos testes laboratoriais.

O jejum prolongado causa alterações metabólicas no organismo, influenciando decisivamente no resultado dos exames de sangue.

No laboratório que eu trabalho atendemos pessoas de várias cidades vizinhas, estes pacientes quando precisam fazer exames saem de seus municípios cedo para chegar no hospital, consultar, fazer exames no centro de imagem e também exames laboratoriais. Muitos deles precisam percorrer um longo trajeto até chegar no nosso município, se deslocam cedo de seus lares, pegam ônibus ou vans, para fazer seus tratamentos, alguns passam por estrada vicinais, tornando difícil o acesso, e demorado, não é raro chegarem tarde, passado da hora de coleta de exame.

Um jejum prolongado com um tempo acima de 16 horas causa variação nos exames gerais, mais especificamente um jejum prolongado para glicose e insulina o máximo deve ser de 14 horas, não devendo ultrapassar esta faixa para estes testes.

Mas também tem aqueles casos que o paciente mora na mesma cidade, até mesmo no próprio bairro, chegam tarde, dizem que estão em jejum, e as vezes não estão e querem fazer os exames, mas as pessoas precisam ser orientadas (se já foram, fazer novamente) ser avisadas sobre os problemas que podem ocorrer se realizar exame que necessite de jejum sem estar em jejum, ou exames que não possam ser realizados depois de um jejum muito prolongado, mas a consciência e o entendimento sobre estes casos e sobre sua saúde é da própria pessoa. Mas nunca deixe de ter uma conversa amigável, nunca reprimir.

Não é possível fazer os exames de todos, isso é claro, mas não podemos radicalizar, cada caso deve ser analisado, e aqueles que realmente não puder coletar os exames em outro dia respeitando o jejum corretamente, o médico deve ser informado, e solicitado opinião sobre o caso, para que possa realizar o teste, desta forma o médico poderá acompanhar o resultado sabendo que o jejum estava além do preconizado.

Autor Silvano Vilela

Escreve sobre exames laboratoriais, testes de farmácia e tecnologia em saúde. Compartilha neste site que fundou em 2006 experiência de um laboratório dentro de hospital.