Hemorróidas – Relação com gravidez e trabalho

A hemorróidas é uma patologia muito freqüente. Estudos apontam que a hemorróidas atinja cerca de 4,5% da população e após os cinqüenta anos aumenta ainda mais.
Muitas pessoas acham, que as hemorróidas é um problema vergonhoso, no entanto, ele é comum. Pode-se dizer que todos os indivíduos acima dos trinta anos têm ou tiveram algum episódio de hemorróidas mais ou menos acentuado, e que são relativamente poucos os que durante a vida se vêem livres de alguma complicação hemorroidal.

hemorroidas.gifAs hemorróidas, o distúrbio mais comum no reto, consistem em uma dilatação das veias hemorroidais da membrana mucosa do interior do reto (canal retal/região anal). O conjunto de veias da região anal é denominado plexo hemorroidário.

A hemorróidas podem ser classificadas em 4 graus:
Hemorróidas de grau I – São as que nunca exteriorizaram para fora do canal anal, ocorre geralmente um sangramento esporádico, vermelho-vivo às evacuações e são na grande maioria assintomáticos.
Hemorróidas de grau II – Exteriorizam-se para fora do canal anal durante a evacuação e retornam para o interior do canal com o fim da evacuação. Podem ocasionar sangramentos, dor e coceira no ânus.
Hemorróidas de grau III – São aquelas que se exteriorizam para fora do canal anal com a evacuação e podem ser recolhidas. Causar dor, sangramento, coceira e secreções no ânus.
Hemorróidas de grau IV – Permanecem constantemente para fora do canal anal e não podem ser reduzidas manualmente. Podem ocasionar sangramento, dor, coceira e secreções no ânus.

As hemorróidas podem ser de dois tipos:

Hemorróidas internas – Raramente causam dor, por serem revestidas pela membrana, pequenos sangramentos.
Hemorróidas externas – não costumam causar sangramento por serem protegidas pela pele que as reveste. Pode causar dor, inchaço, coágulo.

As hemorróidas externas incham e causam dor, depois desaparece naturalmente quando o sangre é reabsorvido pela corrente circulatória. A hemorróidas externa trombosada contém um coágulo de sangue, pelo rompimento de um vaso sangüíneo sobre a pele. O sangue coagulado forma um nódulo doloroso, que muitas vezes se rompe.

Pessoas com dietas pobres em fibras, mulheres grávidas, hipertensos e profissionais que permanecem longos períodos sentados tendem a desenvolver hemorróidas.

A doença e os sintomas

Embora toda hemorróidas seja oriundo de pressão abdominal, em numerosos casos tal pressão é tão somente decorrente de esforço à evacuação ou da retenção (constipação) Outros fatores como ansiedade, refeições, liberação de hormônios, também colaboram.

Gestação: embora em muitas mulheres as hemorróidas desapareçam logo depois do bebê nascer , é proveniente da constipação, condição comum durante a gestação, peso do útero em crescimento aumente a pressão sobre as veias retais. Comum no último trimestre de gravidez.

A hemorróidas podem vir a ocorrer associada a alguma patologia como:
Consumo excessivo de álcool e cirrose hepática: os alcoólatras ou as pessoas com cirrose hepática podem ser susceptíveis a um aumento da pressão abdominal pelo fígado aumentado, mas também por um aumento da pressão nas veias que transportam o sangue do intestino ao fígado.

Insuficiência cardíaca: a insuficiência cardíaca aumenta a pressão venosa e assim poderia agravar uma situação já existente.
Esforço excessivo: a tosse, o espirro, o levantar de um objeto pesado ou qualquer atividade que aumente a pressão da região pélvica ou retal, podem ser responsáveis pelo aumento conseqüente da pressão sobre as veias da região retal.
Câncer no reto: uma das manifestações de doença grave é uma sensação de plenitude no reto, que estimula o esforço evacuatório desnecessário e improdutivo.
Hipertensão: também aumenta a pressão da região perianal.

Sexo anal: Sexo anal pode provocar fissuras nesta região, agravando ou desencadeando dores e até mesmo sangramentos.

Outras doenças: os tumores do intestino e abdome, ou qualquer doença que interfira seriamente com o processo digestivo normal.

Permanecer sentado ou de pé por tempo prolongado: a pessoa fica propensa a hemorróidas. Profissões que fica muito tempo sentado estão sujeitos a desenvolver varizes nas pernas e no ânus.

Má dieta e maus hábitos alimentares: dietas pobres em fibras e baixo consumo de água propiciam o aparecimento de hemorróidas pelo endurecimento das fezes. O diagnóstico desta doença é clínico, confirmado pelo exame proctológico com retossigmoidoscopia.

Em casos de hemorróidas recomenda-se a ingestão de dieta rica em fibras, reduzir o uso de papel higiênico, paradas programadas durante o trabalho, com caminhadas curtas, e exercícios.

Alguns medicamentos utilizados em casos de hemorróidas (procure seu médico para maiores informações):
Ultraproct – Cinchocaína + fluorcotolana + clemizol. (anestésico tópico, glicocorticóide e anti-histamínico.) Similares:Nupercainal, Senol, proctil; Plantabem – Fibras. (repositor de fibras).; Venostatin – Escina. (Saponina encontrada na semente da castanha-da-índia. Suposto efeito sobre a fragilidade vascular. Reduz a permeabilidade capilar e são usados como protetores capilares em distúrbios circulatórios). Similares: Reparil drágeas, Reparil injetável. E outros remédios naturais. Processos cirúrgicos também são muito usados.


Escreve sobre exames laboratoriais, testes de farmácia e tecnologia em saúde. Compartilha neste site que fundou em 2006 experiência de um laboratório dentro de hospital.

  • Pingback: Meu Google Reader (27/12 - 05/01) | 30 & Alguns

    • Cristina Ramirez Antonsson

      Agradeco pela informacao muito util fornecida pelos senhores.
      Sofro deste problema faz muito tempo e sei que a vida sedentária e a alimentacao com temperos fortes é um veneno para mim.
      Quando se tem hemorroidas se deve dobrar a higiene intima pois uma infeccão anal nao deve ser fácil de aturar.
      Sinceramente,
      Cristina ( desde Gotemburgo – Suecia)

  • Silva

    Estava muito preocupado com a detecção de início de hemorróidas em mim e depois que li as informações presentes neste site me tranquilizou. Espero que vocês continuem atualizando sempre.

  • carise souza

    boa tarde!
    eu gostaria de saber o que eu realmente tenho?
    pq eu nao sei se é hemorroida ou sei la o que?
    pq eu tenho duas peles estufada no caso externa,mas elas nao me encomadam,mas eu tenho dificuldade de fazer…e as vezes quando eu faço doe e sai sangue-vivo,no caso um sangue vermelho vivo…
    mas nao é sempre.
    por favor me ajude me dando uma resposta q me deixe tranquila,pq eu ja estou morrendo de medo.rsrs
    obrigado!!!!!!!!!!

    • http://www.plugbr.net Silvano Vilela

      Carise, não é normal, mas não se preocupe procure seu médico para uma consulta, deve verificar com exames e analise de sintomas clínicos os motivos deste sangramento, pesquisa de sangue oculto nas fezes, epf e outros. Abraço.

  • marina

    Boa Tarde!

    gostaria de saber se eu tenho hemorroidas pois todas vez q vou
    no banheiro tenho dificuldade de fazer sangra e agora uma pele estufada…estou tomando varicell não sei se vai resolver favor me ajude… bjs
    que devo faze?

  • Catiane

    Oi nunca havia feito sexo anal, mas depois que diz no outro dia apareceu algo que não sei dizer se é uma carne se é tipo um cisto pelo lado de fora do meu anus, gostaria de saber se é hemorróidas ou o que poderia ser, sta doendo e não sangra. Ah tentei empurrar pra dentro, ele entra e e volta na mesma hora.. se puderem me responder ficarei muito agradecida

  • Gui

    Sou ciclista amador e passo de 3 a 5 horas em cima da bike por dia. Ao defecar, senti uma certa resistência e um leve incômodo (sem sangramento) que me fez procurar um especialista. O médico me disse que estou com hemorroida trombosada e passou remédios e uma pomada. Mas não estou sentido melhoras, sinto que está diminuindo e o caroço está bem pequeno, não sinto dor nem sangra. Será que vou precisar operar? Existe tratamento clínico? Vou ter que parar de pedalar? O ciclismo é minha vida. Desde já agradeço a resposta.

  • Ana Carla

    Eu tenho hemorróidas de segundo grau, posso ter relação sexual? Faço tratamento quanto tempo depois do tratamento posso ter a relação sexual?

  • mirna carvalho dos santos lima

    acabei de fazer uma cirurgia da hemorroida que estava so no começo e quando eu evacuo doe muito chego ate chorar o medico passou lisador e diclofenaco e quando evacuo bem mole praticamente agua mesmo assim doe muito!?
    porque?

  • ana carla alves

    boa noite estou gravida de oito meses e estou com hemorróidas ñ estou aguentando mais de dor ela esta toda pra fora estou passando hemorvitos e não esta adiantando nada o que faço por favor me ajude…obrigada

  • Mayara

    Bom,eu tenho 20 anos! e desde q eu tinha uns 15 p/ 16 anos eu percebi q toda vez q eu ia ao banheiro ao defecar eu sentia dor(ardencia) e saia muito sangue e isso me encomodava,eu ficava toda dolorida quando saia do banheiro,não conseguia nem andar direito,e depois d um bom tempo eu parei de sangrar(p/ me acalmar) mas á uns 3 anos atrás aquilo veio pra fora,aquela pele,e eu to desesperada denovo Doutor!
    Eu namoro á 2 anos e isso está me prejudicando pq eu ñ relaxo,fico toda vez preocupada se ele vai vêr e o pior se ele vai perguntar!=/
    eu já fui no posto me consultei + não tive coragem de dizer isso p/ o médico(sobre as hemorroidas)sempre invento um outro problema!e agora prá piorar deu de coçar de vez em quando e está saindo uma outra pele atrás da q já estava(tá ficando maior)EU queria muito q o senhor me ajudasse,me passando algum remédio para eu tomar ,ok?por favor ás vezes eu me pego pensando nisso direto,e eu tenho muita vergonha de conversar sobre isso com qualquer que seja outra pessoa!me ajude!
    Me responda por aqui ou pelo meu e-mail! beijos e fica com deus.

    • http://www.plugbr.net Silvano Vilela

      Mayara, não posso indicar remédio, mesmo porque, nem sabemos se o problema é realmente este, por isso é importante o exame clínico, não tenha vergonha, isso para o médico é normal, lidam com o problema frequentemente, mas se acha que com um médico fica um pouco constrangida, porque não procura uma médica, certamente estará mais a vontade, não fique esperando, se realmente existe um problema, não sabemos, quanto mais cedo for tratar, melhor. Abraço.

    • Ilson Garcia

      Mayara,
      Minha amiga, o que voce esta passando é muito sério, e fiquei preocupado, eu te aconselho a se abrir com uma pessoa da familia como sua mae ou tia que gosta muito de voce, e que possa ir até um especialista com voce,um Urologista sei lá ele é a pessõa que vai te ver como paciente, e com muita ética,os exames e o tratamento vai ficar somente entre voces, portanto eu insisto que procure urgente um médico, enquanto voce esta nova tudo se resolve com rapides, e não é bom que fique usando remédios sem se consultar, pois poderá trazer a voce consequencias desnecessárias. ESPERO QUE POSSA TER TE AJUDADO.

  • adila

    obrigada pela materia dada, me ajudou muíto principalmente em saber dos graus das hemorroidas, o medico me disse que a minha é grau tres, quero saber se ela poder entra novamente, pois tenho tentado mas eu ponho ela para dentro ela logo sai poruqe e se pode ser caso de cirurgia mesmo, abraço…

  • Pingback: Meu Google Reader (27/12 – 05/01) | 30 e Alguns

  • Eliane

    Boa noite,
    Gostaria de saber se e realmente hemoróidas o que tenho,as vezes aparece no meu anus ,uma bolha meio transparente,doi muito e incomoda
    quando sento.tenho vergonha de mostrar para o medico.existe algum tratamento.
    Obrigada

    • http://www.plugbr.net Silvano Vilela

      Eliane, não se preocupe, o médico lida com estas situações todo tempo, não deixe de procurar o médico antes de fazer qualquer tratamento, é muito importante. Abraço.

  • luciana

    eu tenho 16 anos e tenho muita vergonha de falar tenho uma vida meio sedentária.
    eu acho que tenho Hemorroidas externas,pq eu tenho uma pequena pele estufada (mucosa), eu não sinto dor , não sinto nada, isso pode ser grave, pode ser até um cancêr.

    me responde porfavor .

    • http://www.plugbr.net Silvano Vilela

      Luciana, não posso responder isso, somente o médico fazendo uma avaliação poderá dizer, esqueça essa questão de vergonha