Quanto a análise de urina, as pessoas geralmente querem saber o motivo de estarem urinando amarelo escuro ou sangue durante a micção. O exame de urina ou EAS, sumário de urina, é fundamental para descobrir a causa de ter dor quando faz “xixi”, a micção dolorosa pode ser resultado de algum tipo de infecção ou cálculo renal, a pedra nos rins.

O exame de urina fornece dados importantes para avaliar alterações a nível renal e externo, vagina e pênis, oferecendo ao médico informações importantes para que possa acrescentar ao estudo clínico realizado por ele, ótimo apoio diagnóstico para esclarecer alguma doença.

Coleta da urina – Atenção

A coleta da urina de forma correta é fator decisivo para obter um resultado realmente condizente com a clínica e funcionamento orgânico daquele momento. Respeitando condições como primeira amostra da manhã, jato médio ou urina de 24 h, higiene genital e outras observações que o laboratório indicar, será o primeiro passo para uma boa análise.

A investigação de doença renal tem geralmente três finalidades principais: Estabelecer um diagnóstico; avaliar as complicações da função renal e monitorar o avanço de doenças ou o resultado da medicação administrada.

Elementos analisados no exame de urina

Investigar uma doença renal passa por teste de urina, que avalia a densidade da urina, presença de sangue, proteínas, nitrito (importante na triagem de infecção, muitos patógenos convertem nitratos da dieta em nitritos), pH, glicose, urobilinogênio e corpos cetônicos.

O exame verifica também, quantidade de eritrócitos (sangue na urina) e leucócitos (células de defesa do organismo, indicando infecção bacteriana). Além destes os cilindros, células epiteliais, presença de parasitas, cristais e muco na urina, fornecem indícios de doença renal.

Estes dados, juntamente com os exames clínicos feito pelo médico, possibilitam chegar a um diagnóstico, descobrindo as causas de uma urina escura, idas freqüentes ao banheiro ou até mesmo de não conseguir fazer “xixi”, onde é necessário coleta com sonda.

Investigações adicionais podem ser úteis em alguns casos, sendo necessário realizar cultura de urina, quando existe presença de muitos leucócitos ou piócitos, detectados no exame EAS normal, onde observamos que a urina é turva, feito água de arroz.

Outras investigações podem complementar os achados do sumário de urina, como a coleta de urina de 24h, clearance de creatinina, exames de sangue, ultra-sonografia, radiografia e urografia.