Dengue tipo 4 está de volta, sintomas clássicos, mas atenção com quadro hemorrágico

Quatro tipos de vírus causam a dengue em todo o mundo, DENV- 1, 2, 3 e 4. Uma pessoa infectada com um tipo de dengue, posteriormente, só fica imune a esse tipo. No Brasil muitas pessoas estão imunes a tipos 1,2 e 3, mas desta vez é o tipo 4 que pode causar a doença.

Desde 1982 não ocorria a dengue tipo 4, recentemente três casos de dengue de tipo 4, DENV-4 já foram confirmado por exames sorológicos preliminares e isolamento viral no Instituto Evandro Chagas, em pacientes no estado de Roraima. Por ter tido a presença do vírus causando a doença à 28 anos, a população ainda não está imune, portanto pode ser afetada por este tipo de vírus.

Os quatro sorotipos do vírus da dengue causam sintomas semelhantes: dores no corpo, cabeça, articulações e região dos olhos, além de febre, vômito, diarreia, entre outros. Para o tratamento dos casos de dengue o procedimento é o mesmo segundo protocolo recomendado pelo ministério da saúde, não importando qual o tipo de vírus que está causando a doença. Grande parte da população já foi afetada pelos tipos 1, 2 e 3, ao ser picado pelo mosquito que transporta o tipo 4, a probabilidade de evoluir para um quadro de dengue hemorrágica é considerável, as plaquetas diminuem, surgem problemas hemorrágicos que devem ser controlados rapidamente.

Medidas de ataque ao mosquito Aedes aegypti devem ser mantidas e até mesmo incrementadas no sentido de controlar a evolução do vírus tipo 4.

No passado um estudo mostrou uma associação de DENV-4, com uma epidemia de dengue hemorrágica que ocorreu no México em 1984.

Autor Silvano Vilela

Escreve sobre exames laboratoriais, testes de farmácia e tecnologia em saúde. Compartilha neste site que fundou em 2006 experiência de um laboratório dentro de hospital.